Instituto de Biologia é destaque em Transferência de Tecnologia na Unicamp

O IB foi a unidade com o maior número de tecnologias transferidas ao setor empresarial em 2021 

Seguindo uma visão multidisciplinar direcionada a parcerias com o setor empresarial e outras unidades de ensino e pesquisa, o Instituto de Biologia da Universidade Estadual de Campinas (IB-Unicamp) se destaca pela quarta vez como uma das unidades que mais fomenta a inovação dentro da Unicamp.

O reconhecimento veio por meio do Prêmio Inventores, organizado pela Agência de Inovação Inova Unicamp, que, em 15 edições, apontou pela terceira vez o Instituto de Biologia vezes como a unidade que mais protegeu a propriedade intelectual da Universidade. Neste ano, o IB aparece pela primeira vez como a Unidade Destaque na Transferência de Tecnologia da Unicamp.

Em 2021, das 21 tecnologias da Universidade licenciadas para o setor empresarial, quatro tiveram docentes, alunos ou pesquisadores do IB como inventores. Segundo o professor André Freitas, diretor da unidade, o resultado se deve a um corpo docente engajado em pautas de inovação:

“O que traz destaque ao IB é o perfil de nossos docentes, dispostos a firmar parcerias com setores de dentro e fora da Universidade, como o empresarial, que financia diversos projetos de pesquisa e desenvolvimento (P&D) junto ao Instituto. O IB não tem medo de trabalhar com inovação. Pelo contrário, nós a estimulamos. Sabemos que ela não vai excluir outros focos da Universidade, como ensino, pesquisa e extensão”, analisa Freitas.

O diretor do IB, André Freitas e o diretor associado, Everardo Carneiro.
O diretor do IB, André Freitas e o diretor associado, Everardo Carneiro.

O IB esteve envolvido em 151 pedidos de patentes depositadas com apoio da Inova Unicamp no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial). Delas, 121 estão vigentes, representando 11% do portfólio de patentes da Unicamp.

Segundo a diretora de parcerias da Inova Unicamp, Iara Ferreira, o IB tem sido um dos principais atores no licenciamento de tecnologias da Unicamp:

“Analisando a série histórica de licenciamentos de tecnologias desenvolvidas em parceria com o IB, constatamos que o Destaque deste ano já era anunciado pela trajetória da unidade. Foram quatro tecnologias com inventores IB em 2021. Elas foram responsáveis por sete dos 30 contratos de licenciamento de propriedade intelectual da Unicamp”.

Fomento ao empreendedorismo dentro do Instituto de Biologia

No âmbito do incentivo ao relacionamento universidade-empresa, o ano iniciou com três disciplinas de empreendedorismo aprovadas. Elas serão ministradas pelo professor Marcelo Menossi e pelo pesquisador colaborador Bread Cruz.

Menossi explica que a finalidade das disciplinas de empreendedorismo em ciências da vida é estruturar um ecossistema empreendedor que facilite a criação de empresas de base tecnológica:

“Temos oferecido a disciplina de empreendedorismo há anos, mas de forma intermitente, sem previsibilidade para os alunos. Por isso, propus formalizar seu oferecimento contínuo. Elas reforçam a ideia de criar um ecossistema de empreendedorismo no IB baseado no ensino e na conscientização de que os docentes podem receber em seus laboratórios startups da nossa comunidade. Ao contrário da área da computação, as empresas de biotecnologia precisam de equipamentos caros para começar a operar, e, sem o apoio dos docentes, podemos perder muitas boas empresas de alunos”, explica Menossi.

Os diretores do IB avaliam positivamente as disciplinas. Everardo Carneiro, diretor associado do Instituto, lembra que tal ecossistema é comum em universidades nos Estados Unidos, possibilitando novas opções de carreira: “Nossos alunos precisam saber que um emprego tradicional, que pode deixar de existir no futuro, não é a única possibilidade. Eles podem gerar uma nova empresa, um novo espaço de trabalho, que possibilite inovações para o mercado. Isso é bom para os alunos, para o Instituto e para sociedade, que receberá novas soluções”, defende Carneiro.

O IB está em 6º lugar entre as unidades da Unicamp com mais sócios fundadores de empresas-filhas. Ao todo, são 47 sócios fundadores oriundos do IB, somando 37 empresas-filhas ativas.

Multidisciplinariedade que fomenta a inovação no IB Unicamp

Para entender como o IB conseguiu incentivar um perfil inovador entre os docentes, diz Carneiro, é preciso conhecer a história multidisciplinar da unidade, criada junto com a Unicamp. O IB, além de formar licenciados e bacharéis em biologia, atende outros cursos da Universidade, como os da área da saúde. Para ele, a intrínseca multidisciplinariedade da biologia favorece a inovação.

“O IB nasceu com o propósito de ser a base de conhecimento de diversos cursos. Ele tem sido uma unidade de serviço de primeira linha para a comunidade. Isso permitiu que tivéssemos um conjunto de professores e pesquisadores com uma visão de mundo diferenciada, que interagem com diferentes áreas, promovendo conexões. Durante mais de 50 anos, essa energia multidisciplinar criou uma inquietude entre os pesquisadores.  Eles entendem que, às vezes, a pesquisa encontra respostas para além do seu foco original”.

Por sua vez, Freitas lembra que, por muitos anos, o IB, foi considerado uma unidade distante da inovação: “Muitas pesquisas na biologia são básicas, mas a aplicabilidade sempre foi enorme. A biologia atua diretamente com os problemas atuais – energia, meio ambiente e saúde são nossas grandes áreas estratégicas. Veja o caso da pandemia de Covid-19. Nossos laboratórios não pararam. A força-tarefa contra a Covid da Unicamp começou aqui. Aqui foram realizados diagnósticos, ações de prevenção, prestação de serviço para testar materiais e pesquisa científica”, comenta o diretor.

Ambos acreditam que a inovação terá uma curva crescente dentro do Instituto: “Daqui a 10 anos, essa interface multidisciplinar que fomenta a inovação deverá crescer com mais rapidez pois estamos contratando pesquisadores com formação mais moderna e diversa”, prevê Carneiro.

PRÊMIO INVENTORES 2022

Unidade premiada em transferência de tecnologia: Instituto de Biologia (IB-Unicamp)

Diretores da unidade: professores André Freitas e Everardo Carneiro (associado).

PROGRAMAÇÃO DE HOMENAGENS

Essa matéria faz parte da série de reportagens produzida pela Inova Unicamp sobre tecnologias licenciadas, que podem ser lidas pelo site da Inova e também em formato ebook na Revista Prêmio Inventores, com lançamento previsto para junho. Também está agendado um webinar com conteúdo sobre propriedade intelectual e transferência de tecnologia para o dia 8 de junho, com inscrições abertas ao público em geral.

Confira todos os premiados no site do Prêmio Inventores da Unicamp.

Os patrocinadores do Prêmio Inventores 2022 são: Pulse HubClarkeModet3MNeger Telecom.

Texto publicado originalmente no portal da Inova Unicamp.

Imagem de capa JU-online

IB-Unicamp se destaca pela quarta vez como uma das unidades que mais fomenta a inovação dentro da Unicamp