1ª Revisão Orçamentária da Unicamp para 2017

NOTA DA UNICAMP

A propósito da 1ª Revisão Orçamentária da Unicamp para 2017, informamos o seguinte:
Quando da aprovação do orçamento inicial para 2017, em dezembro/2016, havia um indicativo de déficit da ordem de R$ 121,610 milhões para o presente exercício.

Após a execução orçamentária dos primeiros três meses do ano de 2017, a primeira revisão orçamentária aprovada pelo Conselho Universitário na sessão desta terça-feira (30), alterou essa estimativa, ampliando o déficit em R$ 127,779 milhões, devendo totalizar R$ 249,389 milhões durante o exercício.

Registrou-se uma queda na expectativa das receitas na ordem de R$ 78,922 milhões, sendo R$ 51,048 milhões procedentes do Tesouro do Estado, em decorrência da fraca atividade econômica, que resultou na baixa arrecadação de ICMS, principal fonte de receitas da Universidade. Por consequência, as receitas próprias da instituição também sofrem um impacto negativo, uma vez que mais recursos da reserva estratégica são utilizados para o funcionamento da instituição. Com isso, a projeção de retorno de aplicações financeiras também se reduz.

Do ponto de vista das despesas, a atualização das projeções de gastos em algumas rubricas do orçamento, bem como a disponibilização dos saldos orçamentários de 2016 não executados, contribuíram com R$ 48,856 milhões no resultado projetado.

Diante desses dados atualizados, a Administração da Universidade já adotou medidas para enfrentar as dificuldades financeiras e reitera a necessidade de contenção de despesas ao longo do exercício a fim de manter-se o imprescindível equilíbrio financeiro da instituição.

Assessoria de Imprensa

Campinas, 30 de maio de 2017