Vale a pena investir na vacina de Oxford? Ministério da Saúde anunciou parceria para pesquisa e produção

Sim. Para o professor Luiz Carlos Dias, titular do Instituto de Química da Unicamp e membro da Academia Brasileira de Ciências, foi uma decisão acertada do Ministério da Saúde o acordo para a pesquisa e produção nacional da vacina contra a Covid-19, desenvolvida pela Universidade de Oxford, na Inglaterra, em parceria com o grupo farmacêutico Astrazeneca. Neste programa a gente voltou a conversar com o professor sobre as vacinas possíveis contra o novo coronavírus e também sobre os medicamentos mais promissores, entre eles a dexametasona, após a publicação do estudo que comprovou a eficácia do medicamento na diminuição do numero de mortes pela doença.