Reitor faz balanço anual e antecipa futuras ações

Autoria
Edição de imagem

“Conversa com o reitor" é o novo programa exibido pela Secretaria Executiva de Comunicação (SEC) da Unicamp. Na edição inaugural, o reitor Antonio José de Almeida Meirelles fala sobre as ações mais recentes da gestão universitária, além de fazer um balanço das atividades da administração em 2022. Ele também projeta os principais desafios que a Unicamp deverá enfrentar em 2023. O objetivo do programa, apresentado pela jornalista Patrícia Lauretti, é ampliar a comunicação com as comunidades universitária e externa. 

Meirelles destacou, entre outros temas,  a retomada do programa de internacionalização da Unicamp a partir de duas viagens realizadas para o Reino Unido e Alemanha. "Nós queremos enviar mais alunos para fora, ampliar o intercâmbio de pesquisadores e servidores e localizar quais são os temas de maior interesse", afirmou.

Sobre o balanço de 2022, Meirelles ressaltou ações de inclusão, a retomada do processo de progressão, de contratações, e de licitações com o atendimento de áreas mais sensíveis. "Fizemos também esse imenso contato com o mundo externo, com atores do mundo político. A gente, de alguma forma, participou da discussão eleitoral do Brasil e com os cuidados de uma instituição que não se envolve na política partidária, mas que tem opiniões e sugestões em relação ao futuro do país", disse.

Para 2023, Meirelles enfatizou a intenção de melhorar a permanência com investimentos na Moradia Estudantil e o engajamento da Universidade no sentido de levar a discussão da permanência para o mundo político. O reitor da Unicamp também considerou importante a ampliação de programas como o de residência pedagógica.

Outros desafios citados pelo reitor foram "garantir que as dificuldades que as pessoas passam com a elevação da inflação sejam recuperadas, ampliar as contratações e pensar em outras questões como a inclusão de docentes pretos e pardos".

Assista ao programa: 

Imagem de capa
Audiodescrição (AD): montagem com foto e ilustração, sendo, à direita, imagem aérea de área da Unicamp em dia de sol, onde aparece a maioria dos prédios da universidade, que têm poucos andares e estão distribuídos de forma circular entre vários espaços de área verde gramada e com árvores, e ruas circulares e outras que convergem para um ponto central onde há uma grande praça. Já à esquerda, ilustração em azul com um círculo ao centro, em azul mais claro, e traços que saem do círculo para fora. Imagem 1 de 1

twitter_icofacebook_ico

Comunidade Interna

O objetivo da reunião foi apresentar a experiência da Unicamp na aquisição de energia elétrica no Ambiente de Contratação Livre 

Modalidade oferecida pela Unicamp para financiamento de projetos de ensino, pesquisa e extensão completa 20 anos

Atualidades

Evento começou esta semana no Instituto de Computação e conta com aulas teóricas, simulados e palestras com patrocinadores

José Ricardo Teixeira Junior (IB) e Geovane Augusto Gaia Vieira (IG) vão para as universidades norte-americanas de Yale e UCLA, respectivamente

Artigo destaca a relevância das pesquisas acadêmicas sobre direitos humanos

Cultura & Sociedade

Instituto reúne grupos de pesquisa de 24 instituições e deve fortalecer os estudos de gênero no país; a coordenação é das docentes Viviane Resende, da Universidade de Brasília e Karla Bessa, do Núcleo de Estudos de Gênero (Pagu) da Unicamp

Atividade será uma das primeiras iniciativas a partir de parceria com a Secretaria Municipal de Esportes e Lazer de Campinas