Fundo Patronos lança 2ª edição do Decola Extras

Edição de imagem

O Fundo Patronos acabou de lançar a 2ª edição do Decola Extras, o mais relevante edital em termos financeiros da sua atuação. Até 23 de setembro as organizações extracurriculares e de extensão da Unicamp poderão inscrever seus projetos para receberem apoio financeiro do fundo. Esse edital cumpre com um dos pilares de atuação do Patronos no fortalecimento da universidade por meio do fomento às suas instituições e ações que promovam integração, multidisciplinaridade e impacto positivo para a comunidade acadêmica e seu entorno. “Os resultados alcançados com a 1ª edição do Decola Extras evidenciaram o potencial que o modelo de fundos patrimoniais, como o adotado pelo Patronos, tem na aceleração e potencialização de projetos e pessoas da Unicamp, e, por isso, estamos lançando a 2ª edição”, destaca Mathias Strauss, diretor de Editais e Projetos do Patronos.

O Patronos destinará por intermédio do Decola Extras até R$ 34 mil para apoiar financeiramente projetos de todas as áreas com cunho social, educacional, esportivo, cultural e ambiental, voltados à saúde, a atividades de inovação ou ao empreendedorismo das organizações extracurriculares ou de extensão da Unicamp. Individualmente, os projetos não terão restrição de valor dentro do limite orçamentário do edital. O edital se estenderá de janeiro a dezembro de 2023, e os projetos podem ter qualquer duração dentro desse período.

Mini baja movido a hidrogênio: um dos projetos apoiados pelo Fundo Patronas. Foto: Divulgação
Mini baja movido a hidrogênio: um dos projetos apoiados pelo Fundo Patronas. Foto: Divulgação 

Por meio da sua edição anterior, o Decola Extras está apoiando financeiramente cinco destacados projetos da comunidade da Unicamp. Apoiou por exemplo o desenvolvimento do 1º veículo Baja movido a hidrogênio, construído pela equipe Unicamp Baja SAE. Está incentivando meninas a seguirem carreira na área de ciência apoiando a realização de mais uma edição do Meninas SuperCientistas, bem como está atuando para que mais estudantes em situação de vulnerabilidade acessem o ensino superior, dando apoio aos Cursinhos Zilda Arns, e recebam educação financeira, por meio do Grupo de Mercado Financeiro. Além disso, o fundo tem valorizado a cultura dando suporte à edição deste ano do Festival do Instituto de Artes (FEIA).

A inscrição de projetos poderá ser feita de 29 de agosto a 23 de setembro de 2022 exclusivamente pelo site do edital. A seleção dos projetos que receberão apoio financeiro será realizada em quatro etapas consecutivas: i) Elegibilidade de acordo com o regulamento do edital; ii) Avaliação da proposta com base em três critérios (Critério 1 – Objetivos, organização, planejamento e resultados esperados do projeto; Critério 2 – Impactos e benefícios para pessoas, instituições e a sociedade; e Critério 3 – Escalabilidade e parceria com o Patronos); iii) Apresentação de um pitch e avaliação por uma banca; iv) Seleção final pelo conselho de Administração do Patronos.

Saiba mais 

Escreva para projetos.editais@patronos.org

Sobre o Fundo Patronos

A Associação Fundo Patrimonial Patronos é uma instituição independente, sem fins lucrativos, organizada por alunos e ex-alunos da Unicamp que, movidos pelo desejo de integrar pessoas cujas histórias viram-se marcadas pelas contribuições que a Universidade pode proporcionar, acreditam no poder transformador da educação. Até o momento, o Fundo Patrimonial Patronos conta com quase 220 doadores e acumula um patrimônio de cerca de R$ 1,65 milhão. A entidade é composta por mais de 60 voluntários responsáveis pela gestão do fundo e operacionalização dos projetos e da associação. 

Imagem de capa
Fundo Patronos está incentivando meninas a seguirem carreira na área de ciência apoiando a realização de mais uma edição do Meninas SuperCientistas

twitter_icofacebook_ico

Atualidades

Obra reúne acervo de Rogério Cerqueira Leite; edição estará disponível para venda em breve nos sites das editoras

O papel do rap e da educação na busca pela superação do racismo e da violência foi um dos temas debatidos

Foram aprovados os itens: “Prêmio Tese Destaque", a prorrogação da licença paternidade para servidores e recursos adicionais para o desenvolvimento de dois projetos no âmbito do Plano Plurianual de Investimentos (PPI)

Cultura & Sociedade

Fruto de parceria com jovens indígenas do país, obra “Still I Rise” traz relatos de experiências de impacto para o empoderamento de povos originários

O Instituto de Geociências recebeu 175 finalistas, distribuídos em 58 equipes; a Olimpíada Brasileira de Geografia e a Olimpíada Brasileira de Ciências da Terra contemplou 17 estudantes cada uma