Conselho de prefeitos volta a debater construção do Hospital Regional

##
Reitor Antonio Meireilles fez um informe sobre a reunião ocorrida no dia 22 de novembro no Palácio dos Bandeirantes, quando o governador João Doria se declarou favorável à construção do hospital

A construção do Hospital Regional, ligado à Unicamp e com potencial para atender a população de mais de 70 cidades do Estado, foi um dos temas da reunião do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Campinas (CD-RMC) realizada na segunda-feira (29/11), em Cosmópolis. Representaram a Universidade o reitor Antonio José de Almeida Meirelles, o diretor da DEAS, Oswaldo Grassiotto, e William Oliveira, assessor para Assuntos Institucionais. O Conselho é presidido pelo prefeito de Jaguariúna, Gustavo Reis (MDB). Além de outros prefeitos da região metropolitana, estiveram presentes os deputados estaduais Cezar (PSDB) e Dirceu Dalben.

Antonio Meireilles fez um informe sobre a reunião ocorrida no dia 22 de novembro no Palácio dos Bandeirantes, quando o governador João Doria se declarou favorável à construção do hospital, sublinhando, porém, que o custeio deveria ser divido entre o governo do Estado, o Sistema Único de Saúde (SUS) e os municípios. "O Hospital Regional é uma demanda da região metropolitana, de suas prefeituras e de prefeituras das regiões circunvizinhas, para ampliar a oferta de leitos à população residente nas proximidades de Campinas. Será um equipamento de saúde complementar ao HC, possibilitando atender com mais eficácia a população da região e reorganizar a relação da área assistencial de saúde da Unicamp com o SUS e os Departamentos Regionais de Saúde (DRS) da região”, explicou o reitor.

O diretor da DEAS, Oswaldo Grassiotto, mostrou aos presentes a estrutura que o sistema passaria a ter com o novo hospital, e a sistemática de liberação de leitos, em especial para atendimentos de média e alta complexidade. Detalhou, ainda, os investimentos a serem feitos pelas cidades.

O diretor da DEAS, Oswaldo Grassiotto, mostrou aos presentes a estrutura que o sistema passaria a ter com o novo hospital, e a sistemática de liberação de leitos
O diretor da DEAS, Oswaldo Grassiotto, mostrou aos presentes a estrutura que o sistema passaria a ter com o novo hospital, e a sistemática de liberação de leitos

Vejo como justa a divisão do custeio entre as partes, mas temos que lutar para que a parcela do Estado seja maior do que tem sido apresentada”, argumentou o deputado Dirceu Dalben. Ele defendeu a necessidade de equiparar o percentual de responsabilidade dos governos estadual e federal. As primeiras discussões apontam que a Federação se comprometeria, por meio do SUS, com 40% do custeio, o Estado com 30% e as prefeituras também com 30%. Estudos preliminares apontam um custeio anual na ordem de R$ 300 milhões. Para o deputado, o percentual das prefeituras deve ser menor “porque elas têm assumido muitas responsabilidades na área da Saúde”. Ele defendeu ainda a gestão compartilhada das vagas a serem abertas com o novo hospital.

O presidente do CD-RMC e prefeito de Jaguariúna, Gustavo Reis, relatou que, junto com o deputado federal Baleia Rossi, intermediou uma reunião do reitor e da coordenadora geral da Unicamp com o Governador João Dória para apresentar o projeto e discutir o custeio. Reis avalia como vantajosa para as cidades a forma de custeio proposta, acrescentando que o tema continuará a ser discutido pelos gestores da RMC, com a partipação, quando possível, dos demais municípios que poderão compor o projeto. As formas de divisão e os percentuais de cada participante serão elaboradas pelo CD-RMC.

Confira mais algumas imagens da reunião do prefeitos : 

O tema continuará a ser debatido pelos gestores da RMC e, quando possível, ampliado aos demais municípios que poderão compor o projeto
O tema continuará a ser debatido pelos gestores da RMC e, quando possível, ampliado aos demais municípios que poderão compor o projeto
O tema continuará a ser debatido pelos gestores da RMC e, quando possível, ampliado aos demais municípios que poderão compor o projeto
O tema continuará a ser debatido pelos gestores da RMC e, quando possível, ampliado aos demais municípios que poderão compor o projeto
O tema continuará a ser debatido pelos gestores da RMC e, quando possível, ampliado aos demais municípios que poderão compor o projeto
O tema continuará a ser debatido pelos gestores da RMC e, quando possível, ampliado aos demais municípios que poderão compor o projeto
O tema continuará a ser debatido pelos gestores da RMC e, quando possível, ampliado aos demais municípios que poderão compor o projeto
O tema continuará a ser debatido pelos gestores da RMC e, quando possível, ampliado aos demais municípios que poderão compor o projeto
https://www.unicamp.br/unicamp/noticias/2021/12/01/conselho-de-prefeitos-volta-debater-construcao-do-hospital-regional
https://www.unicamp.br/unicamp/noticias/2021/12/01/conselho-de-prefeitos-volta-debater-construcao-do-hospital-regional

Imagem de capa

Representantes da Universidade participaram de evento em Cosmópolis em que modelo de custeio de novo hospital foi apresentado aos gestores
Representantes da Universidade participaram de evento em Cosmópolis em que modelo de custeio de novo hospital foi apresentado aos gestores