Livro celebra os 25 anos do grupo de pesquisa pioneiro no Brasil na defesa de uma escola inclusiva

O livro Todos pela inclusão – dos fundamentos às práticas é uma obra comemorativa, que celebra os 25 anos do Laboratório de Estudos e Pesquisas em Ensino e Diferença (Leped) da Faculdade de Educação da Unicamp, grupo de pesquisa brasileiro pioneiro na defesa de uma escola inclusiva. Foi fundado, em 1996, pela professora Maria Teresa Eglér Mantoan, do Programa de Pós-graduação em Educação da Unicamp e, desde então, é coordenado por ela.

A obra foi organizada pela própria coordenadora e por José Eduardo de Oliveira Evangelista Lanuti, que concluiu em 2019 o doutorado no Leped. Atualmente, ele é professor do Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Suas 154 páginas estão repletas de fundamentos que sustentam a defesa da inclusão escolar, de práticas pedagógicas que favorecem o acolhimento incondicional da diferença de cada estudante e da alegria dos autores, pesquisadores do Leped, expressas em textos que apresentam o que o Laboratório tem de melhor: a diversidade de conhecimentos, a amizade entre seus membros e o desejo comum de fazer uma escola justa e democrática - para todos e todas.

##

O livro, que pode ser adquirido no site da editora do CRV, é uma das iniciativas que o Laboratório teve para festejar o seu jubileu de prata. Dentre outras ações comemorativas que vêm sendo desenvolvidas ao longo deste ano, está um programa de formação docente, uma edição especial do Cá entre Nós – tabloide criado por um grupo de professores que compõem o Leped e outras.

Segundo o prefácio da obra, de autoria do professor René José Trentin Silveira, atual diretor da Faculdade de Educação da Unicamp, “o livro ora lançado não é apenas mais um exemplo do vigor combativo dos integrantes do Leped na defesa de uma escola inclusiva. É também o coroamento de uma trajetória de trabalho, lutas e conquistas que já deixou sua marca definitiva na história da educação brasileira”.

Para José Eduardo Lanuti, “organizar essa obra foi uma verdadeira alegria! Tive a oportunidade de conversar com cada autor e conhecer melhor suas experiências de estudo e pesquisa, construídas no Laboratório onde fui tão acolhido quando ingressei, em 2016, no Doutorado em Educação. Senti-me presenteado com o convite da professora Maria Teresa”. Para Maria Teresa Mantoan, comemorar os 25 anos do Leped significa “um dos grandes momentos de minha vida acadêmica, e mais um encontro com meus queridos alunos e ex-alunos”.

Imagem de capa

O Laboratório de Estudos e Pesquisas em Ensino e Diferença (Leped) da Faculdade de Educação foi fundado em 1996 pela professora Maria Teresa Eglér Mantoan
O Laboratório de Estudos e Pesquisas em Ensino e Diferença (Leped) da Faculdade de Educação foi fundado em 1996 pela professora Maria Teresa Eglér Mantoan