Márcio Cataia assume direção do Instituto de Geociências

Orgulho e pertencimento foram dois sentimentos compartilhados na cerimônia de posse do novo diretor do Instituto de Geociências (IG) da Unicamp, que ocorreu de modo virtual no dia 19 de maio. O docente Márcio Antonio Cataia, do Departamento de Geografia, assume o cargo até então ocupado pelo docente Sergio Luiz Monteiro Salles-Filho, do Departamento de Política Científica e Tecnológica. Cataia era diretor associado da Unidade, papel que passa a ser desempenhado no quadriênio 2021-2025 pelo docente Emilson Pereira Leite, do Departamento de Geologia e Recursos Naturais.

Em seu discurso de despedida, Sergio Salles lembrou o acúmulo de ações e competências dos diretores que o precederam e destacou trabalhos realizados como gestor juntamente com Márcio Cataia, tais como o investimento na busca de projetos, convênios e contratos; a modernização de processos administrativos; o estabelecimento de uma política de laboratórios; o desenvolvimento de um escritório de projetos para apoiar os docentes na captação de recursos; a criação de uma área de comunicação; e a modernização administrativa em tecnologia de informação e comunicação. O agora ex-diretor também destacou indicadores acadêmicos da Unidade e o avanço de atividades de extensão em sua gestão.

##
A solenidade aconteceu de forma remota e foi transmitida pelo canal do IG no Youtube

Salles enfatizou também esforços empregados por toda a comunidade do IG durante a pandemia: para a tomada de decisões importantes, foram feitas amplas escutas, os colegiados passaram a ser abertos e muitas reuniões foram realizadas com funcionários, docentes e representação discente. “Se há uma palavra que resume o que conseguimos fazer em termos de construção coletiva foi convergência. Buscamos e tivemos convergência. Mesmo nas posições contrárias, sentamos, conversamos e havia convergência. Isso culminou num ambiente de harmonia dentro do Instituto”, reforçou. Após seu discurso, Sergio Salles recebeu do IG uma placa pelo inestimável trabalho realizado em sua gestão como diretor. A homenagem foi entregue por Adriana Bin, sua esposa e docente da Faculdade de Ciências Aplicadas da Unicamp.

Após ser empossado como diretor da Unidade pelo reitor da Unicamp, Antonio José de Almeida Meirelles, Márcio Antonio Cataia lembrou sua trajetória ao longo de 20 anos na Universidade e destacou a multidisciplinariedade do Instituto de Geociências, fundado há 41 anos e que congrega hoje pouco mais de 100 servidores, entre docentes e profissionais da carreira PAEPE. A Unidade tem aproximadamente 900 estudantes somados na graduação (nos cursos de licenciatura e bacharelado em Geografia e bacharelado em Geologia) e na pós-graduação (nos Programas em Geociências, em Política Científica e Tecnológica, em Geografia e em Ensino e História de Ciências da Terra) com docentes de três Departamentos (Geografia, Geologia e Recursos Naturais e Política Científica e Tecnológica). Assim como Sergio Salles, o novo diretor do IG lembrou os gestores que o precederam. “Estamos em um prédio novo, fruto de um trabalho permanente dos dirigentes que me antecederam, a quem eu presto uma homenagem porque foi o árduo trabalho de todos que construíram nossa instituição – o prédio, essa materialidade, mas sobretudo, a sociabilidade duradoura”. Por fim, Cataia agradeceu e homenageou membros da comunidade do IG. “É um orgulho fazer parte dessa casa”, finalizou.

Na sequência de discursos a coordenadora geral da Universidade, Maria Luiza Moretti, destacou a sensação e o orgulho de pertencer à Unicamp na fala de Sergio Salles e Márcio Cataia. “É essa sensação de pertencimento que nós temos que transbordar para nossa comunidade. Saber que essa Universidade é o que é porque existem essas pessoas que contribuem cada qual com o melhor de si”, destacou Moretti. Já o reitor Antonio José de Almeida Meirelles lembrou que cerimônias de posse sempre representam marcos importantes para indivíduos e instituições. A do IG trouxe para ele um simbolismo especial. Primeiro porque foi a primeira em que na função de reitor deu posse a um colega docente na direção de sua Unidade. Segundo porque ele e Sergio Salles debateram, recentemente, propostas distintas para a administração da Unicamp e estavam juntos na cerimônia celebrando mais um capítulo na história do IG, unidos pelos valores e princípios fundamentais da Universidade.

O reitor lembrou ainda o momento vivido no país. “A despeito de uma maior percepção da sociedade sobre o papel e a importância da ciência no enfrentamento dos complexos desafios contemporâneos, universidades, institutos de pesquisa e, em última instância, o serviço público continuam a ser alvo de ataques sistemáticos no Brasil de hoje. Nesse contexto, é imperativo que caminhemos juntos em defesa de nossa instituição de modo que o bem comum sobrepuje eventuais distensões internas”, disse.

A solenidade, que foi transmitida pelo canal do IG no YouTube, reuniu pró-reitores da nova gestão da reitoria da Unicamp, chefes de Departamentos, funcionários administrativos e ex-diretores do IG. Também participou a coordenadora da Diretoria Geral de Recursos Humanos da Unicamp, Maria Aparecida Quina de Souza, que leu o termo de posse do novo diretor.

Imagem de capa

Mandato compreende o quadriênio 2021-2025. Novo diretor contará com o auxílio do docente Emilson Pereira Leite que assume o cargo de diretor associado 
Mandato compreende o quadriênio 2021-2025. Novo diretor contará com o auxílio do docente Emilson Pereira Leite que assume o cargo de diretor associado