FemtoPeta Technology é uma das mais novas empresas incubadas na Incamp

Todos os anos, novas empresas entram na Incubadora de Empresas de Base Tecnológica da Unicamp (Incamp) como pré-incubadas e incubadas, enquanto as startups que já se beneficiaram da incubação saem como graduadas. Entre as novas empresas selecionadas no 2º semestre de 2020 para a incubação está a FemtoPeta Technology.

A Incamp é um espaço onde ideias embrionárias e startups nascentes recebem capacitações, mentorias e apoio da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) para desenvolverem seus negócios. “Com a incubação espero adquirir competências de gestão e me inserir no ecossistema de startups”, comenta Euclides Lourenço Chuma, fundador da empresa, sobre suas expectativas em relação a incubação da FemtoPeta Technology.

Euclides Lourenço Chuma, fundador da startup em processo de abertura legal
Euclides Lourenço Chuma, fundador da startup que se encontra em processo de abertura legal

Fundada em março deste ano, a startup atualmente encontra-se em processo de abertura legal. A missão da empresa nascente é desenvolver produtos e serviços de sensoriamento inteligente para a área de saúde, agricultura e cidades inteligentes a partir do trabalho com Internet das Coisas e Inteligência Artificial. 

Todos os anos, novas empresas entram na Incubadora de Empresas de Base Tecnológica da Unicamp (Incamp) como pré-incubadas e incubadas, enquanto as startups que já se beneficiaram da incubação saem como graduadas. Entre as novas empresas selecionadas no 2º semestre de 2020 para a incubação está a FemtoPeta Technology.

A Incamp é um espaço onde ideias embrionárias e startups nascentes recebem capacitações, mentorias e apoio da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) para desenvolverem seus negócios. “Com a incubação espero adquirir competências de gestão e me inserir no ecossistema de startups”, comenta Euclides Lourenço Chuma, fundador da empresa, sobre suas expectativas em relação a incubação da FemtoPeta Technology.

Fundada em março deste ano, a startup atualmente encontra-se em processo de abertura legal. A missão da empresa nascente é desenvolver produtos e serviços de sensoriamento inteligente para a área de saúde, agricultura e cidades inteligentes a partir do trabalho com Internet das Coisas e Inteligência Artificial. 

O empreendedor pode até ser novo na incubadora, mas é um conhecido de longa data da Unicamp. Todo o percurso acadêmico de Chuma foi realizado na Universidade, desde a graduação em Matemática até o mestrado e o doutorado em Engenharia Elétrica. 

Sobre a transição da carreira acadêmica para o empreendedorismo, o fundador da FemtoPeta Technology afirma “Durante meus anos na Unicamp, desenvolvi pesquisas acadêmicas que apontaram para a criação de um produto inovador. A necessidade de empreender surgiu devido a vontade de colocar o produto no mercado”.

Além da FemtoPeta Technology, também foram recentemente incubadas na Incamp as empresas Kalamazoo Natural Solutions, EApproachS, Reuse e Kionova. Para conhecer cada uma das novas incubadas e os empreendedores responsáveis pelas startups, confira as matérias que serão publicadas semanalmente no site do Parque Científico e Tecnológico da Unicamp e acompanhe a Agência de Inovação Inova Unicamp nas redes sociais. 

Conheça todas as empresas incubadas

Conheça o processo de incubação na Incamp.

Confira os ambientes disponíveis para instalação no Parque Científico e Tecnológico da Unicamp. 

Matéria original publicada no site da Agência de Inovação da Unicamp.

Imagem de capa

ilustração de um sistema inteligente interlingando vários objetos domésticos
Missão da empresa é desenvolver produtos e serviços de sensoriamento inteligente para a área de saúde, agricultura e cidades inteligentes