GAIA expõe obras de 17 professores do Instituto de Artes da Unicamp

Exposição "Poéticas e Pesquisa"
Inauguração da exposição "Poéticas e Pesquisa" foi no dia 27 de novembro

Vídeos, esculturas, fotografias, pequenas instalações e desenhos são alguns dos suportes dos trabalhos expostos, de 27 de novembro a 17 de dezembro, na Galeria de Arte do Instituto de Artes (GAIA) da Unicamp. A exposição “Poéticas e Pesquisa” é composta por obras de 17 professores do Programa de Pós-Graduação do IA, e compreende temáticas variadas.

Para Luise Weiss, coordenadora da GAIA, a mostra é um momento significativo tanto para os docentes como para os alunos, que têm a oportunidade de conhecer uma parte do trabalho de quem está sempre junto a eles, os professores, estabelecendo um diálogo vivo. “O fato de poder ver uma exposição com alguns trabalhos de professores estimula uma conversa. Em sala de aula, às vezes é complicado envolver a sua produção pessoal, a preferência é olhar para o trabalho deles”, afirma.

Luise Weiss, coordenadora da Galeria do Instituto de Artes
Luise Weiss ressalta espaço da Galeria como fundamental para a interação entre comunidade acadêmica

Os espaços de arte para que essas exposições ocorram, como a GAIA, são importantes para a comunidade acadêmica e para a comunidade externa, destaca Luise. “É um espaço fundamental, e abre possibilidade para pensar projetos com público externo à universidade”. 

Além disso, conforme observa o docente do Programa de Pós-graduação em Multimeios e membro do conselho do GAIA, Mauricius Farina, a arte é uma forma de conhecimento tanto quanto os artigos acadêmicos e as publicações escritas. “É importante mostrar para a comunidade a materialidade da nossa pesquisa, não só os papers que a gente escreve”.

Segundo o professor, que é um dos artistas integrantes da exposição, a arte é fundamental em uma sociedade. “O espírito do tempo está sempre naquilo que os artistas produzem. Os países que valorizam a arte valorizam a educação e a saúde. Quando eu vou num museu, eu também estou vendo a cultura. A arte é uma coisa pública, que enriquece, não é uma coisa fechada em si mesma. A arte dá sentido à vida, e não está fora da vida. A vida e a arte são a mesma coisa”.

Professor Mauricius Farina
"A arte dá sentido à vida", diz professor Mauricius Farina

“Poéticas e Pesquisa”

No painel de apresentação da “Poéticas e Pesquisa”, a coordenadora do Programa de Pós-graduação em Artes Visuais, Maria de Fátima Couto, resume a proposta da exposição: “A mostra revela a diversidade do trabalho desses artistas-pesquisadores, que lutam para que a universidade seja reconhecida como um lugar propício à criação e à imaginação e para que a arte seja reconhecida como um meio potente de conhecimento e de transformação social”. A ideia, dessa forma, é assinalar que a pesquisa científica também pode ser realizada poeticamente. 

Confira a ficha das 17 obras expostas:

Cesar Baio

Padrões Anômalos

(Estudo 1 - Drake Circus)

Vídeo, 10 min.

2019

Edson Reuter 

Nuvens reticuladas

Impressão sobre tecido

2019

Nuvens reticuladas

Placa de MDF revestido usinado em máquina CNC

2019

Eduardo Paiva

Terra e Semente

Documentário sobre a obra e processo criativo da artista plástica Fúlvia Gonçalves.

2019

Ernesto Giovanni Boccara

Oxímoros

Instalação: Modelagem em argila- ponto de osso, pintura em tinta acrílica fosforescente, argila expandida.

2017 - 2019

Filipe Salles

Metamorfose digital

Fotografia

2019

Gilberto Alexandre Sobrinho

PARDO

Videoarte, 3 min.

Direção, roteiro, concepção e imagens: Gilberto Alexandre Sobrinho.

Edição e finalização de som e imagem: Marina Pires.

2019

Haroldo Gallo

Registro gráfico de uma vivência espacial em Portugal

Desenhos

2014 - 2015

Ivanir Cozeniosque 

Sinfonia I, II, III

Fotografias digitais impressas em papel Kodak
2019

Luise Weiss

Passagens 

Livro de artista

Xerox e recortes

2018

Márcio Périgo

Tupi Guarani

Assemblagem

2018

Nacos e pedaços

Gravura em metal - água-tinta e buril

2017

Tupi

Gravura em metal - água-tinta

2017

Marta Strambi

Infrutescência

Tecido, 87 peças de porcelana queimada em oxidação a 1280°C

Molotove-me

(objeto/performance)

Capacete de metal, tecido e 10 peças de porcelana queimada a lenha a 1320°C

Semente-me

Tapete de grama natural, jornal e sementes

2019

Mauricius Farina

Fotografia falada

Fotografia em papel de algodão com pigmento mineral 

2019

Paulo Cesar Teles

Ponto G

Instalação interativa multimídia

Objeto luminoso, notebook sobre mesa.

2018-2019

Rachel Zuanon 

[POR NÃO SER EXISTINDO]: Displacements Towards Empathy

Instalação interativa, Videodocumentação

2019

Selma Simão

Campinas Antiga 1

Técnica mista sobre tecido tela

Campinas Antiga 2

Técnica mista sobre tecido tela

Campinas Antiga 3

Técnica mista sobre tecido tela

2019

Sérgio Niculitcheff

Sem Título

Pintura sobre tela

2019

Sylvia Furegatti

Novos corredores culturais

Fotografia de ação artística e materiais naturais em moldura acrílica

2019

Alguns dos docentes do IA que integram a exposição
Alguns dos docentes do IA que integram a exposição
Inauguração da exposição foi na quarta-feira, 27 de novembro
Inauguração da exposição foi na quarta-feira, 27 de novembro
Obra exposta na mostra "Poéticas e pesquisa"
Obra exposta na mostra "Poéticas e pesquisa"
Exposição também conta com trabalhos fotográficos
Exposição também conta com trabalhos fotográficos
Cada docente ganhou um espaço para expor suas obras
Cada docente ganhou um espaço para expor suas obras
Mostra conta com vídeos
Mostra conta com vídeos
Obra interativa
Obra interativa
Exposição segue até 17 de dezembro
Exposição segue até 17 de dezembro

Imagem de capa

Exposição conta com instalações interativas
Exposição conta com instalações interativas