Vestibular debate autonomia universitária e aplicação da ciência no cotidiano

Confiança antes da prova em Campinas
Confiança antes da prova em Campinas

A Unicamp realizou neste domingo, 17 de novembro, a primeira fase do Vestibular 2020 com um total de 66.833 candidatos, que disputaram 2.570 vagas em 69 cursos de graduação. A prova abordou os valores defendidos pela própria universidade como liberdade de expressão na pesquisa, autonomia universitária, além de questões que apresentaram a ciência aplicada ao cotidiano.

Em balanço divulgado na tarde deste domingo, a Comissão Permanente para os Vestibulares (Comvest) também apresentou o índice de abstenção que caiu de 8,60% no ano passado para 8,27%, referente ao Vestibular 2020, sendo o menor registrado nos últimos três anos. Dos 72.862 inscritos, 6.029 candidatos não compareceram para fazer o exame. Em Campinas, a abstenção foi de 9,69% e em São Paulo de 7,58%.  Veja os detalhes

Candidatos a uma vaga no Vestibular 2020 da Unicamp durante a primeira fase
Candidatos a uma vaga no Vestibular 2020 da Unicamp durante a primeira fase

Para o diretor da Comvest, José Alves de Freitas Neto, a prova teve caráter bastante atual e permeou temas como guerra digital, imigração, contaminação do mar, poluição por chumbo causada pelo incêndio da Catedral de Notre Dame, além do machismo no esporte colocado em debate pela jogadora Marta por causa das diferenças salariais entre homens e mulheres. Já o tema da autonomia universitária, defendida pela Unicamp, foi colocada aos candidatos no contexto do surgimento das universidades no século XII.

“A prova revela os valores defendidos pela Unicamp, como liberdade de expressão de pesquisa, autonomia universitária, protagonismos sociais e a ciência aplicada ao cotidiano. Há um amplo processo de coisas que discutimos e fazemos aqui que ajudam a promover uma sociedade mais inclusiva e que tenha o protagonismo dos diversos grupos”, afirmou o diretor.

José Alves de Freitas Neto: "prova reafirma os valores defendidos pela Unicamp, como liberdade de expressão de pesquisa, autonomia universitária, protagonismos sociais e a ciência aplicada ao cotidiano"
José Alves de Freitas Neto: "prova reafirma os valores defendidos pela Unicamp, como liberdade de expressão de pesquisa, autonomia universitária, protagonismos sociais e a ciência aplicada ao cotidiano"


A interdisciplinaridade foi apresentada por meio de assuntos de interesse social como a saúde mental e o uso das línguas por imigrantes. A coordenadora acadêmica da Comvest, Márcia Mendonça, explicou que foram apresentados temas cotidianos relacionados aos conhecimentos escolares que são necessários de serem avaliados. “Temos o cuidado de pensar a interdisciplinaridade de modo que faça algum sentido no dia a dia das pessoas. São temas que mostram que os conhecimentos científicos estão em todos os lugares”, afirmou.

A prova da primeira fase foi composta de 90 questões de múltipla escolha, distribuídas da seguinte maneira: 13 questões de Língua Portuguesa e Literaturas de Língua Portuguesa, 13 questões de Matemática, 9 questões de História e 9 questões de Geografia (incluindo Filosofia e Sociologia), 9 questões de Física, 9 questões de Química, 9 questões de Biologia, 7 questões de Inglês, além das 12 questões interdisciplinares.

Reconhecimento facial
O sistema de reconhecimento facial dos candidatos, usado pela primeira vez no Vestibular, foi considerado positivo pelo diretor da Comvest. A tecnologia foi aplicada somente aos vestibulandos que realizaram a prova no campus de Barão Geraldo e passará uma análise técnica. Somente após as avaliações será considerada a possibilidade de aplicar esse recurso na segunda fase do Vestibular. “Do ponto de vista de processo correu tudo bem e a nossa tendência é aplicar na segunda fase para todos os aproximadamente 14 mil candidatos”, disse Freitas Neto.  Com o sistema, a universidade terá mais um recurso para confirmar se a pessoa que fez a prova efetivamente é a mesma que realiza a matrícula, caso tenha sido aprovada.

Gabarito e resultado
A Comvest vai divulgar o gabarito das questões na próxima quarta-feira, 20 de novembro, no site da Comvest. A prova da primeira fase já está disponível para consulta na mesma página. A lista de aprovados na primeira fase será divulgada no dia 9 de dezembro, junto com os locais de prova da segunda fase e as notas de corte.

Candidatos a uma vaga na Unicamp, na entrada da prova no Ciclo Básico II, em Campinas
Candidatos a uma vaga na Unicamp, na entrada da prova no Ciclo Básico II, em Campinas
Expectativa antes da prova e apoio familiar
Expectativa antes da prova e apoio familiar
Ciclo Básico II, local da prova no campus de Barão Geraldo
Ciclo Básico II, local da prova no campus de Barão Geraldo

 

Veja mais fotos no Facebook Unicamp

Vestibular 2020, primeira fase
Vestibular 2020, primeira fase
Vestibular 2020, primeira fase
Vestibular 2020, primeira fase
Vestibular 2020, primeira fase
Vestibular 2020, primeira fase
Vestibular 2020, primeira fase
Vestibular 2020, primeira fase
Vestibular 2020, primeira fase
Vestibular 2020, primeira fase
Vestibular 2020, primeira fase
Vestibular 2020, primeira fase
Vestibular 2020, primeira fase
Vestibular 2020, primeira fase
Vestibular 2020, primeira fase
Vestibular 2020, primeira fase
Vestibular 2020, primeira fase
Vestibular 2020, primeira fase
Vestibular 2020, primeira fase
Vestibular 2020, primeira fase
Vestibular 2020, primeira fase
Vestibular 2020, primeira fase
Vestibular 2020, primeira fase. Márcia Mendonça, coordenadora acadêmica da Comvest
Vestibular 2020, primeira fase. Márcia Mendonça, coordenadora acadêmica da Comvest
Vestibular 2020, primeira fase
Vestibular 2020, primeira fase
Vestibular 2020, primeira fase
Vestibular 2020, primeira fase
Vestibular 2020, primeira fase
Vestibular 2020, primeira fase

Imagem de capa

Audiodescrição: em uma sala de aula, imagem em perfil e de busto, jovem sentada em carteira escolar com braço, ao centro da imagem, faz prova do vestibular, sendo que segura um lápis preto com a mão esquerda e as folhas de papel da prova com as mãos direita e esquerda. Ao redor dela, bem próximos e em imagem desfocada, outras pessoas realizam a prova, sendo que todos estão com cabeça baixada e voltados para a esquerda da imagem. Imagem 1 de 1.
Prova da primeira fase realizada em Campinas. Foto: Antonio Scarpinetti