Unicamp ganha quatro prêmios Capes

Edição de imagem

Quatro teses defendidas na Unicamp foram agraciadas com o Prêmio Capes de Teses 2019 e outras 10 pesquisas receberam menção honrosa, segundo resultado divulgado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). A premiação é oferecida pela instituição para as melhores teses de doutorado defendidas em 2018 e selecionadas em cada uma das 49 áreas de avaliação reconhecidas nos Programas de Pós-Graduação.

A pró-reitora de Pós-Graduação, professora Nancy Lopes Garcia, comemorou a premiação recebida pela Unicamp. “A excelência da Pós-Graduação foi reconhecida”, destacou. Segundo a professora, em meio aos noticiários que provocaram tanta apreensão no meio acadêmico nos últimos meses a satisfação foi grande ao receber a notícia.  “Com esses prêmios, a Universidade reforça seu compromisso com a pesquisa de alto grau de excelência acadêmica e com o avanço do conhecimento para a sociedade paulista e brasileira”, celebrou.  

Saied é um dos contemplados com Prêmio Capes 2019
Saeid Asadzadeh, um dos contemplados pelo Prêmio Capes. Tese foi defendida no Instituto de Geociências

A lista dos contemplados concede destaque para os trabalhos de doutorado da Unicamp nas áreas de Ciência da Computação, Engenharia Mecânica, Geociências e Filosofia. “O fato demonstra a amplitude dos temas tratados no âmbito da pós-graduação”, analisa a pró-reitora. Até mesmo quando se observa os trabalhos contemplados com menções honrosas, salienta a professora, fica ainda mais explícita a diversidade da premiação recebida. São pesquisas das áreas de Saúde Coletiva, Odontologia e Enfermagem, passando pelas engenharias Agrícola, Elétrica e de Alimentos, envolvendo Recursos Naturais (Biodiversidade e Biociências de Tecnologia de Produtos Bioativos) e as Ciências Humanas (Sociologia) e Linguística Aplicada.   

Bruno
Um dos contemplados com o prêmio, Bruno Ramos Mendonça, durante defesa da tese no Instituto de Filosofia e Ciências Humanas 

Premiação

Os autores das 49 teses vencedoras recebem uma bolsa para estágio pós-doutorado por um período de um ano e seus orientadores recebem o valor de R$ 3 mil para participar de eventos acadêmicos. Os selecionados concorrem ainda ao Grande Prêmio que seleciona três trabalhos, um para cada área principal do conhecimento – Humanidades, Ciências da Vida e Ciências Exatas, Tecnológicas e Multidisciplinar. As três teses ganhadoras do Grande Prêmio oferecido com os institutos Serrapilheira e Ayrton Senna serão conhecidas em novembro. A Comissão Fullbright e a Fundação Carlos Chagas também oferecerão premiações adicionais.

As comissões avaliadoras também selecionaram outros 93 trabalhos que receberam destaque com menção honrosa. Este ano, em especial, a instituição registrou número recorde de inscrições com 1140 candidaturas. A cerimônia de premiação ocorrerá, no Palácio do Planalto, em data a ser definida pela Capes.

Confira tabela abaixo com contemplados da Unicamp.

Confira a lista completa dos selecionados no portal da Capes.  

Leia matéria sobre a pesquisa de Saeid Asadzadeh, um dos contemplados pelo Prêmio Capes, publicada no Jornal da Unicamp. A orientação foi do professor do Instituto de Geociências Carlos Roberto de Souza Filho.

Relação dos contemplados no Prêmio Capes de Teses 2019

 

Imagem de capa
Pró-Reitoria de Pós-Graduação, professora Nancy Lopes Garcia comemorou a premiação: A Pós-Graduação da Unicamp foi reconhecida

twitter_icofacebook_ico

Comunidade Interna

O objetivo da reunião foi apresentar a experiência da Unicamp na aquisição de energia elétrica no Ambiente de Contratação Livre 

Modalidade oferecida pela Unicamp para financiamento de projetos de ensino, pesquisa e extensão completa 20 anos

Atualidades

Evento começou esta semana no Instituto de Computação e conta com aulas teóricas, simulados e palestras com patrocinadores

José Ricardo Teixeira Junior (IB) e Geovane Augusto Gaia Vieira (IG) vão para as universidades norte-americanas de Yale e UCLA, respectivamente

Artigo destaca a relevância das pesquisas acadêmicas sobre direitos humanos

Cultura & Sociedade

Instituto reúne grupos de pesquisa de 24 instituições e deve fortalecer os estudos de gênero no país; a coordenação é das docentes Viviane Resende, da Universidade de Brasília e Karla Bessa, do Núcleo de Estudos de Gênero (Pagu) da Unicamp

Atividade será uma das primeiras iniciativas a partir de parceria com a Secretaria Municipal de Esportes e Lazer de Campinas