Último debate entre reitoráveis reúne público expressivo

Reitoráveis participam de último debate antes da consulta à comunidade
Candidatos a reitor participam de último debate antes da consulta à comunidade

O terceiro e último debate entre os candidatos a reitor da Unicamp levou um amplo público a um dos auditórios da Coordenadoria de Desenvolvimento Cultural (CDC), na noite desta quinta-feira (9). Os cinco concorrentes compareceram ao evento, mas o professor Antonio Fonseca participou somente do primeiro dos quatro blocos. À exceção dele, os demais aspirantes ao cargo máximo da Universidade responderam a perguntas formuladas por membros da comunidade universitária e de representantes do Sindicato dos Trabalhadores da Unicamp (STU), Associação dos Docentes da Unicamp (Adunicamp) e Diretório Central dos Estudantes (DCE). A organização do encontro coube à Comissão Organizadora da Consulta (COC) e à Secretaria Geral (SG).

Durante quase duas horas, os reitoráveis responderam a questões de interesse da comunidade interna. Algumas indagações estavam relacionadas com as dificuldades orçamentárias enfrentadas pela Unicamp, geradas principalmente por causa da retração da atividade econômica no Brasil. De modo geral, os candidatos reconheceram que a instituição ainda enfrentará um período difícil e que terá que buscar alternativas que possam garantir o financiamento das suas atividades. O diálogo com o Estado e a União foi apontado por todos como indispensável.

Escolhida por sorteio, a pergunta de uma funcionária apresentou o seguinte questionamento aos candidatos: “Se o senhor não vencesse a consulta, mas fosse nomeado pelo governador, o senhor aceitaria?”. Os professores Luís Alberto Magna, Léo Pini Magalhães, Marcelo Knobel e Rachel Meneguello foram unânimes em dizer que não admitiriam tal situação. Cada um a seu modo, os reitoráveis salientaram que é preciso respeitar a decisão da comunidade interna, que faz a escolha do reitor através de um sistema democrático.

O debate entre os candidatos a coordenador-geral da Unicamp, que seria realizado nesta sexta-feira (10) no auditório da Faculdade de Ciências Médicas (FCM), foi cancelado. O motivo foi o adoecimento de um dos concorrentes. Na segunda-feira (13), a Adunicamp promoverá, de forma independente, um debate entre os aspirantes à Reitoria. O evento acontecerá no auditório da Associação, a partir das 12h.

O primeiro turno da Consulta à comunidade está marcado para os dias 15 e 16 de março. Caso haja necessidade, o segundo turno ocorrerá nos dias 29 e 30 de março. A COC, responsável pela organização do processo, é presidida pelo professor Miguel de Arruda (Faculdade de Educação Física) e conta com a participação de representantes de docentes, funcionários técnico-administrativos, estudantes e também da comunidade externa.

Evento levou grande público ao auditório da CDC
Público acompanhou atentamente as explanações dos reitoráveis

 

Imagem de capa

Candidatos a reitor participam de último debate antes da consulta à comunidade
Público lotou auditório da CDC para acompanhar o evento