Artigos do Slaca são publicados na revista suíça LWT

 

Capa da revista

Uma das revistas de maior prestígio do mundo na área de alimentos e de nutrição, a suíça LWT – Food Science and Technology - Elsevier, acaba de publicar no último dia 13, na sua versão on-line, 12 artigos científicos (de 1.500 trabalhos recebidos) apresentados no último Simpósio Latino-Americano de Ciência de Alimentos (Slaca), em novembro de 2015. Veja os artigos.

O evento caminha para a sua 12ª edição e é organizado por professores da Faculdade de Engenharia de Alimentos (FEA) da Unicamp, em parceria com a Associação Latino-Americana de Ciência de Alimentos.  

“Nunca aconteceu de termos conseguido publicar essa quantidade de artigos. Logo, temos um volume de publicações atípico, uma conquista enorme para o Slaca, que acaba de completar 20 anos”, comemorou a professora Gláucia Pastore, pró-reitora de pesquisa da Unicamp. “A revista é uma publicação de fôlego e, pelo fato de ser bastante abrangente, amplia muito o processo de internacionalização do nosso evento.”

Além das 12 publicações do Slaca, a revista trouxe o editorial escrito pela pró-reitora de pesquisa, que é a presidente de honra do evento. Nesse editorial, Gláucia Pastore abordou como as pessoas poderão viver de forma mais saudável, dentro do contexto da temática "Ciência de alimentos: qualidade de vida e envelhecimento saudável".

Nesses anos de simpósio, segundo a presidente, o seu maior mérito foi ter sido um evento balizador dos novos conhecimentos na área de alimentos, contribuindo ao apontar para onde vai essa área, para enxergar mais a importância dos alimentos na manutenção da saúde e para encontrar a relação entre ciência de alimentos e o seu impacto na saúde humana.

"Com esse foco, o Slaca vem sendo construído há mais de duas décadas", disse ela, "lançando as descobertas para a fronteira do conhecimento. E muito disso se deveu à participação de especialistas de larga experiência nos seus campos de atuação, que têm conseguido vislumbrar o futuro de modo embrionário", acredita Gláucia Pastore.

Na sua opinião, a pós-graduação da América Latina na área de alimentos ganha muito e põe para circular os novos conhecimentos no Brasil, Argentina, Chile, Peru, Uruguai, entre outros países. “Vejo até que a pós-graduação em alimentos se nutre com o Slaca. Tanto é que muitos pós-graduandos escolhem os seus temas de tese a partir desse evento, buscam cooperações internacionais, aproximação, intercâmbios e parcerias de pesquisa”, descreveu.

Gláucia Pastore escreveu editorial da revista

 

Imagem de capa

Evento Slaca em sua edição 11
Evento Slaca em sua edição 11