Integração e desenvolvimento agrícola através dos canais curtos de alimentação

Extensão 48 aborda projeto da Feagri junto à comunidade agrícola do acampamento Elizabeth Teixeira

Por meio de um projeto de extensão, a Faculdade de Engenharia Agrícola (Feagri) promove o fortalecimento, a visibilidade e a ampliação da venda direta de alimentos de produtores rurais. O projeto, coordenado pela Profa. Dra. Vanilde Ferreira de Souza Esquerdo, atua em um acampamento no município de Limeira, que busca unir os saberes científicos e populares na produção do conhecimento.

Coordenadora do projeto, Profa. Dra. Vanilde Ferreira de Souza Esquerdo
Coordenadora do projeto, Profa. Dra. Vanilde Ferreira de Souza Esquerdo

O acampamento Elizabeth Teixeira é uma ocupação do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), estabelecido em 2007, onde atualmente residem cerca de 100 famílias. Em um imóvel público, denominado de Horto Florestal Tatu, enfrenta-se uma infraestrutura precária, com ausência de água, energia elétrica e dificuldades de mobilidade. Apesar de tudo isso, há uma grande e significativa produção de alimentos.

Entre janeiro e outubro de 2017, foram comercializadas aproximadamente 2 toneladas de alimentos para a cidade de Limeira. Esse volume produzido pelo acampamento ressalta a importância da agricultura familiar na sociedade, e estabelece um forte vínculo entre a comunidade do campo e da cidade.

A formalização do grupo de agricultores e agricultoras do Elizabeth Teixeira é desenvolvida progressivamente por meio das parcerias realizadas entre a comunidade e a sociedade civil. O projeto desenvolvido com os estudantes da Unicamp, dos campi de Limeira e de Campinas, tem como um dos objetivos a conquista da Certificação Orgânica Participativa, a fim de ampliar os canais de escoamento da produção.

Com uma troca de saberes, tecnologias e colaboração mútua, o projeto de extensão da Feagri contribui para a formação dos estudantes envolvidos e para o desenvolvimento da comunidade agrícola rural estabelecida no acampamento Elizabeth Teixeira. Conheça mais sobre o projeto no Extensão 48:

Imagem de capa JU-online

Letícia Alaniz, aluna do IB, e Cíntia da Silva, agricultora do acampamento