Maria Luiza Moretti recebe título de cidadã campineira

##
Na mesa, o Secretário de Saúde de Campinas, Lair Zambon; vereador Paulo Haddad; coordenadora geral Maria Luiza Moretti e reitor Antonio Meirelles

A coordenadora geral da Universidade, professora Maria Luiza Moretti, recebeu na tarde de terça-feira (28) o título de cidadã campineira. A honraria é oferecida pela Câmara Municipal de Campinas a pessoas não nascidas no município que se destacam por serviços relevantes à cidade. 

A entrega do título aconteceu na Sala do Conselho Universitário, na Unicamp. Estiveram presentes o reitor Antonio Meirelles, o secretário de Saúde de Campinas, Lair Zambon (representando o prefeito Dario Saad), autoridades da Unicamp e familiares da homenageada. 

Maria Luiza Moretti nasceu em São Paulo e chegou a Campinas no início da década de 70, aos 17 anos. Concluiu a graduação em 1976, na 9ª turma de Medicina da Unicamp, onde também fez mestrado e doutorado. É professora titular da Área de Infectologia do Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Ciências Médicas (FCM). 

A professora ocupou diversas funções na administração do Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp, de diretora clínica (2006-2008) a coordenadora da Comissão de Pesquisa (2014-2018). Atualmente, coordena a Seção de Epidemiologia Hospitalar do HC e o Laboratório de Epidemiologia Molecular e Doenças Infecciosas da FCM, que idealizou e instituiu.

##
Público lotou o Salão do Consu para a homenagem prestada à professora Maria Luiza Moretti

Como infectologista, Maria Luiza atuou na linha de frente do combate à pandemia de covid-19 no HC. A proposta de homenagem foi feita pelo vereador Paulo César Haddad, por encaminhamento, do coordenador da Educorp, Edison Lins. Na cerimônia da titulação, o vereador parabenizou a Universidade e, em especial, os profissionais de saúde, pelo trabalho durante a pandemia. “Foram dois anos difíceis, mas os profissionais de saúde enfrentaram o problema de maneira digna”, disse.

Maria Luiza se emocionou ao contar a sua trajetória. “Não sou mais aquela menina de 17 anos, mas mantenho a mesma garra. Minha vida se fez em Campinas, e me sinto parte desta cidade que me acolheu. Aqui escolhi criar meus filhos”, declarou. “Espero que meu trabalho tenha ajudado muita gente nesta cidade”, continuou. 

O secretário da Saúde, Lair Zambon, falou da sua proximidade com Maria Luiza desde a graduação. “Maria Luiza é uma pessoa notável. Se tivesse que defini-la com duas palavras, seriam transparência e ousadia”, avaliou. “Gostaria também de parabenizar a atual gestão. Vocês estão refazendo pontes e trazendo a Unicamp ao protagonismo”, acrescentou. 

Para Antonio Meirelles, a homenagem se estende à Universidade como um todo. “O reconhecimento da nossa vice-reitora Maria Luiza é também um reconhecimento da Universidade”, declarou. “A Luiza é uma batalhadora que desbravou horizontes, enfrentou situações adversas e chegou a professora titular e a coordenadora geral da Unicamp”.   

Assista à cerimônia de entrega do título de cidadã campineira à professora Maria Luiza Moretti

Imagem de capa

Paulistana, a coordenadora geral da Universidade chegou a Campinas aos 17 anos de idade
Paulistana, a coordenadora geral da Universidade chegou a Campinas aos 17 anos de idade