Reitor reúne-se com embaixador da Bélgica para discutir de parcerias

Uma reunião na sexta-feira (10/12) entre o reitor da Unicamp, Antonio José de Almeida Meirelles, e o embaixador da Bélgica no Brasil, Patrick Herman, marcou o início dos contatos entre a Universidade e o país europeu. No encontro, realizado no gabinete da Reitoria, discutiu-se realização de atividades culturais e educacionais em conjunto, bem como a aproximação entre a universidade e empresas belgas.

Esse contato é importante para a Unicamp em várias frentes, educacionais, culturais e com empresas que possam oferecer oportunidades à nossa comunidade. Pretendemos avançar nessa aproximação”, declarou o reitor, recordando o trabalho desenvolvido pelo HIDS (Hub Internacional para o Desenvolvimento Sustentável). Além do reitor, participaram, pela Universidade, o diretor executivo de Relações Internacionais, Osvaldir Pereira Taranto, e o assessor do setor, Alfredo Cesar Barbosa de Melo.

Encontro marcou início de parceria da Unicamp com a Bélgica
Encontro marcou início das discussões para orealização de atividades culturais e educacionais em conjunto, bem como a aproximação entre a universidade e empresas belgas

O embaixador revelou que o encontro teve visou a aproximação da Embaixada com a Unicamp para que projetos e parcerias possam acontecer já em 2022. Em sua primeira visita à cidade, Herman anunciou o evento de divulgação da Bélgica no Brasil programado para o ano que vem. “Vamos retomar os eventos de divulgação de nosso país nas cidades brasileiras, em junho de 2022. Esperamos organizar atividades também com a Unicamp”, explicou.

A delegação belga era também composta pelo cônsul-geral em São Paulo, Matthieu Branders, pelo cônsul em São Paulo, Thomas Maes, pelo cônsul honorário em Campinas, Damien Grimmelprez, pelo diretor do escritório no Brasil da agência de promoção de comércio e investimentos da Região Flamenga (FIT), Dirk Schamphelaere, pelo representante no Brasil da agência de promoção de comércio e investimentos da Região Valã (AWEX), Rodrigo dos Santos, e pelo deputado federal, Alexis Fonteyne (NOVO).

Após a reunião na Unicamp, a delegação belga foi conhecer o Laboratório do Acelerador de Partículas Sirius.