CI&T: Da Unicamp para o mundo pelas teclas do computador

Aos 23 anos, recém-formado no curso de engenharia da computação da Unicamp e sonhando com uma pós-graduação nos Estados Unidos, Cesar Gon precisava juntar dinheiro para estudar fora do país.

A multinacional IBM buscava, então, empresas para desenvolver um projeto. Cesar, que era ligado a uma das primeiras empresas juniores de computação do Brasil, a Conpec, foi convidado a treinar a equipe como consultor, mas decidiu que participaria da concorrência. Só faltava um detalhe: ele não tinha CNPJ e não conseguiria abrir uma empresa a tempo.

A solução foi pedir ajuda para o professor Célio Guimarães, dono de uma consultoria que estava prestes a fechar as portas. O professor transferiu o negócio a Cesar e mais dois amigos - Bruno Guiçardi e Fernando Matt -, e até emprestou o currículo para que os ex-alunos ganhassem o contrato. A empresa chamava-se Consultoria Informática & Tecnologia: a CI&T.

Vinte seis anos depois, o negócio não para de crescer e acaba de conquistar a Bolsa norte-americana, captando US$ 167 milhões na estreia. A companhia se consolidou como uma das maiores empresas de software do Brasil, especialista em transformação digital, atendendo clientes como Cielo, Google, HP, Itaú, Johnson & Johnson, Motorola e Nestlé.

“A CI&T é uma empresa de serviços tecnológicos, fundada há 26 anos e com crescimento contínuo. Ajudamos outras empresas a gerar resultados mais concretos em um ciclo muito curto. No momento, começamos a projetar o próximo capítulo e a criar uma forma de melhorar a qualidade de todos os serviços”, disse Cesar Gon em entrevista.

Atualmente, a CI&T conta com 5.2 mil funcionários nas áreas de estratégia, pesquisa, ciência de dados, design e engenharia, muitos deles formados na Unicamp. Do total, 1.2 mil vieram da Dextra, vizinha da empresa no Polo de Tecnologia de Campinas (Ciatec 2), comprada em junho pela tech, consolidando a CI&T como a empresa-filha da Unicamp que mais cresceu em 2021.

Assista a entrevista de Cesar Gon para o NYSE Floor Talk:

Sólida parceria entre Unicamp e sua empresa-filha CI&T

Com planos de expansão nos maiores mercados mundiais, a CI&T faz questão de manter os laços com sua origem. Seja no toque das teclas, programando ou segurando a caneta, Cesar Gon, CEO da multinacional brasileira, tem contribuído para o ecossistema que o preparou para seu sonho de menino. Quando saiu de Amparo, cidade a 68 quilômetros de Campinas, ele queria transformar o mundo com a ponta dos dedos.

A empresa-filha da Unicamp tem investindo em programas de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) com a Universidade, como o laboratório recém-inaugurado junto ao Instituto de Computação (IC) da Unicamp. Batizado de Cognitive LAB (C-LAB), a proposta do projeto colaborativo é desenvolver soluções digitais de inteligência artificial voltadas, entre outras coisas, para sistemas de atendimento ao cliente.

Para além do investimento financeiro e científico, César também dedicou seu tempo e conhecimento para fomentar o ecossistema. Em 2006, participou da organização do I Encontro de Empreendedores da Unicamp. O evento reuniu 150 empresas-filhas e foi o pontapé para a fundação do grupo de empreendedores Unicamp Ventures, cujo objetivo é fortalecer a comunidade de empreendedores ligados à Universidade, e do qual Cesar foi o primeiro presidente. Hoje são mais de mil empresas-filhas ativas mapeadas pela Inova Unicamp (confira aqui os Relatórios Anuais de Empresas-filhas).

César também já fez parte do Conselho Superior da Inova Unicamp, onde ajudou na indicação de propostas de fomento à cultura de inovação na Universidade. Como fomentador ativo do ecossistema, auxiliou na criação do Inova Ventures Participações (IVP), um spin-off do grupo Unicamp Ventures, que investe em empresas de base tecnológica com alto potencial de crescimento, e contribuiu ativamente para a criação do Fundo Patrimonial Lumina Unicamp, uma iniciativa para garantir fontes de financiamento para a produção de ciência, tecnologia e inovação na Universidade.

Em 2020, ao fazer uma doação de R$ 10 mil para a área de saúde da Unicamp, com foco no combate à pandemia, declarou alguns dos motivos de continuar próximo ao ecossistema da Universidade.

“Tenho uma ligação emocional com a Unicamp, ela faz parte da minha vida. Foi lá que fiz a graduação e o mestrado, encontrei meus sócios e até minha esposa. Sempre busco contribuir com a universidade"

O plano da CI&T, a partir de agora, é reforçar e ampliar o portfólio da empresa mantendo o slogan que desenvolveu ao longo de quase três décadas: colaborar, inovar e transformar.

Assista ao depoimento de César Gon para o “Nossa Unicamp”:

Matéria original publicada no site da Agência de Inovação Inova Unicamp.

Imagem de capa

Confira a trajetória de Cesar Gon, ex-aluno da Unicamp e CEO da empresa-filha CI&T, que acaba de conquistar a bolsa americana. Foto: Divulgação/NYSE
Confira a trajetória de Cesar Gon, ex-aluno da Unicamp e CEO da empresa-filha CI&T, que acaba de conquistar a bolsa americana. Foto: Divulgação/NYSE