Novo centro de atendimento, o Pratea, foi destaque em cerimônia de implantação da Frente Parlamentar das Pessoas com Deficiência e Doenças Raras

A deputada estadual, Valéria Bolsonaro, recebeu nesta segunda-feira, dia 13, na Red Eventos, em Jaguariúna, autoridades federais, estaduais e municipais em um evento que marcou a implantação da Frente Parlamentar das Pessoas com Deficiência e Doenças Raras nos Municípios do Estado de São Paulo. Mais de 100 cidades abraçaram a causa em favor dos Direitos das Pessoas com Deficiência, sendo este, o resultado de um trabalho liderado por Valéria.

Na solenidade, a Unicamp foi representada pelo superintendente do Hospital de Clínicas, Antonio Gonçalves de Oliveira Filho e pelo assessor para relações governamentais e institucionais da Reitoria, William Alexandre de Oliveira. O diretor da Faculdade de Ciências Médicas (FCM), Luiz Carlos Zeferino, falou sobre o trabalho realizado para atender e formar pessoas especializadas para cuidar de pessoas com o Transtorno do Espectro Autista e a construção de um novo centro de atendimento, denominado Pratea. (veja texto abaixo)

Estiveram presentes na cerimônia além de prefeitos, vereadores e líderes de instituições. O ministro substituto da Ciência e Tecnologia, Sérgio Freitas, que representou o ministro Marcos Pontes, a deputada federal e vice- presidente da Frente Nacional em Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Carla Zambelli, o deputado federal General Peternelli, o vereador de São Bernardo do Campo, Paulo Eduardo Lopes, conhecido como Paulo Chuchu, o deputado federal, Paulo Freire, a Secretária Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Priscila Gaspar, o Secretário Especial de Cultura, Mário Frias, e a Ministra Damares. 

"Após meses intensos de trabalho e visitas, hoje na Red Eventos Jaguariúna, realizamos o evento que marca esse pontapé inicial das Frentes Municipais. São mais 100 cidades com Frentes Parlamentares implantadas ou com o projeto em andamento. Certamente seremos muito mais e em breve poderemos registrar o quanto os municípios avançaram e o quanto as pessoas com deficiência foram beneficiadas com mais essa iniciativa do Governo Federal em parceria conosco," ressaltou a deputada.

Hoje já são 40 milhões de pessoas no Brasil que têm algum tipo de Deficiência. A Ministra Damares falou da importância dos municípios trabalharem nos detalhes e fazerem a sua parte. "Nossa primeira dama, Michelle Bolsonaro mostrou no primeiro dia deste governo, em seu discurso feito em Libras, que as pessoas com Deficiência teriam muito mais oportunidade e respeito a partir de então. E é isto que está acontecendo em nosso Brasil. Nós precisamos progredir sempre e é por isso que tenho um pedido especial hoje aos nossos prefeitos e vereadores: Ajude-nos a continuarmos trabalhando por um Brasil cada vez mais humano, com mais oportunidades e inclusão," finalizou.

Construção de Centro de Atendimento para o Autismo

As obras do Programa de Atenção aos Transtornos do Espectro do Autismo (Pratea) avançam em ritmo acelerado e o novo centro de atendimento deve ser inaugurado ainda este ano na Unicamp, em Campinas. Financiado com recursos de emendas parlamentares no valor de quase dois milhões de reais – lideradas pela Deputada Estadual, Valéria Bolsonaro, e pelo Deputado Federal, Paulo Freire. 

O Pratea será uma referência no interior paulista na capacitação de professores e educadores para identificar e educar as crianças autistas, ajudando os profissionais de Saúde no diagnóstico e tratamento do TEA e também para os pais interagirem adequadamente com as necessidades das crianças.

“Minha história passa pelos corredores e salas da Unicamp. Sei de tudo o que esse local representa e sua importância para tanta gente. Hoje estou muito feliz em poder ajudar com mais uma sementinha, buscando recursos para esse projeto tão relevante. É necessário que haja disseminação de informações que facilitem aos familiares, educadores e profissionais da saúde no auxílio à percepção precoce de sinais do TEA. Agradeço ao Deputado Paulo Freire pelo enorme empenho e ajuda, além, claro, da Unicamp, que mais uma vez se prova o lugar certo para ajudar quem tanto precisa”, afirmou.

Leia mais: 

Ritmo acelerado: construção do Programa de Atenção aos Transtornos do Espectro do Autismo entra na reta final