Cecom faz testagem para Covid-19 no Aeroporto de Viracopos

O Centro de Saúde da Comunidade (Cecom) da Unicamp começou nesta quarta-feira (26) a realização de testes rápidos sorológico IgM para SARS-CoV-2 na comunidade aeroportuária do Aeroporto de Viracopos, em Campinas. A ação compreende uma parceria entre Receita Federal, Aeroportos Brasil, Unicamp e Sindicato dos Despachantes Aduaneiros (Sindasp) e se estenderá nos dias 28 (sexta-feira) e 1 e 3 de setembro. Uma equipe de 22 multiprofissionais do Cecom está envolvida na ação que pretende atingir uma média de mil colaboradores. 

Segundo a coordenadora do Cecom, Patricia Asfora Falabella Leme, o objetivo principal será realizar uma triagem de pessoas que possam estar infectadas pelo vírus SARS-CoV-2, para que sejam isoladas socialmente, reduzindo-se, assim, a transmissão da Covid-19. “Aqueles que testarem positivo, deverão fazer o teste considerado padrão ouro para o diagnóstico da doença, que é o RT-PCR por coleta de swab nasofaringeo”, explica.

##
Coordenadora do Cecom, Patricia Asfora Falabella Leme: Expertise do Centro para auxiliar no combate à Covid-19 também fora dos muros da Unicamp

A pesquisa de soroprevalência de anticorpos fornecerá resultados preliminares para ajudar no diagnóstico da doença por infecção pelo coronavírus em pessoas que atuam constantemente em diversas áreas do aeroporto, como terminal de carga, terminal de passageiros, alfândega, despachantes aduaneiros e empresas prestadoras de serviço. Pelo menos 6 mil pessoas trabalham direta ou indiretamente no aeroporto.

A diretora do Cecom conta que a parceria com a Receita Federal do Aeroporto de Viracopos teve início quando o delegado Fabiano Coelho, em contato com a Universidade, ofereceu uma doação de 4 ml testes sorológicos à Unicamp. Em contrapartida, a Administração Central viabilizou a testagem na comunidade aeroportuária.

Patricia destaca que desde março de 2020, quando foi declarada a pandemia da Covid-19 pela Organização Mundial da Saúde (OMS), o Cecom vem realizando a testagem diagnóstica e o acompanhamento clínico da comunidade universitária. O Centro já notificou até o momento 3.359 casos suspeitos, e confirmou 934 casos positivos para Covid-19. “Ficamos felizes em poder utilizar a expertise do Cecom para auxiliar no combate à Covid-19, também fora dos muros da Unicamp”, finaliza.

Imagem de capa

Fachada do Cecom
A ação compreende uma parceria entre Receita Federal, Aeroportos Brasil, Unicamp e Sindicato dos Despachantes Aduaneiros (Sindasp)