Alunos da Unicamp são selecionados para o programa Cargill Global Scholars

Os estudantes da Unicamp Augusto Lima Alves, Flávia Alves e Nicole Karen Moura de Jesus estão entre os selecionados para a 8ª edição do Cargill Global Scholars, implementado pela Cargill em parceria com o Institute of International Education (IIE) em seis países. Mais de 800 candidatos concorreram às 60 vagas oferecidas este ano. O programa será inaugurado com um seminário de liderança nacional e uma cerimônia de premiação para alunos, contemplados por seu desempenho acadêmico e potencial de liderança.

O prêmio concede um valor em dinheiro e um programa de mentoria, incluindo um seminário de liderança, a ser realizado em uma locação internacional da Cargill no segundo ano, onde alunos de todos os seis países (Brasil, China, Índia, Indonésia, EUA e Rússia) irão interagir em atividades de desenvolvimento profissional e de liderança com funcionários da empresa. São dois anos de programa, e a mentoria é realizada com funcionários nacionais e globais da empresa.

Confira o depoimento e expectativas dos estudantes em relação ao programa:

Augusto Lima Alves (Economia)

Acredito que o programa será um divisor de águas em minha formação profissional e acadêmica. A mentoria com executivos da companhia deverá ser bastante enriquecedora, sem falar no contato com os demais selecionados, que, em sua ampla maioria, já realizaram projetos de grande impacto em suas comunidades.

No contexto atual, a proposta da Cargill de desenvolver lideranças multiculturais assume especial relevância, uma vez que os desafios enfrentados pela sociedade demandam, cada vez mais, cooperação entre diferentes classes, grupos políticos e países. Espero sair dessa experiência mais capacitado e engajado socialmente.

Flávia Alves (Engenharia Química)

O primeiro grande degrau rumo ao meu desenvolvimento surgiu em 2013, quando ganhei uma bolsa de estudos em uma escola de excelência (Bandeirantes). A ONG que oferecia essas bolsas (ISMART) nos ensinou que “sonhar grande custa o mesmo que sonhar pequeno”, e nos deu as ferramentas para tornar reais esses sonhos. Desde então, sonho grande: Quero viajar o mundo, conhecer novas culturas, trabalhar com algo que gere impacto, aproveitar ao máximo todas as oportunidades para me desenvolver e desenvolver a sociedade.

Nesse anseio por aproveitar as oportunidades, os olhos brilharam quando ouvi falar da Cargill Global Scholars. Vi nessa oportunidade outro degrau, enorme, rumo ao sonho grande. Apesar de gostar bastante de pesquisa acadêmica, não pretendo seguir esse campo, portanto não basta focar no desenvolvimento acadêmico. Quanto mais longe eu quiser ir, mais importantes são competências como a liderança, que é justamente o que o programa busca desenvolver nos bolsistas.

As conexões desenvolvidas nos seminários também serão de extrema importância na minha jornada profissional. Além da importância de criar Networking, receberemos orientação profissional e pessoal diretamente de nossos mentores. Por fim, uma das minhas maiores expectativas em relação ao programa é aproveitar ao máximo o seminário internacional, minha primeira oportunidade de conhecer de perto diferentes culturas e visões de mundo.

Nicole Karen Moura de Jesus (Engenharia Elétrica)

Iniciativas internacionais como o Cargill Global Scholars Program são de extrema importância dentro do ambiente acadêmico para aprimorar e fomentar o surgimento de habilidades de liderança nos discentes, além de oportunizar um espaço em que os jovens podem apresentar um pouco sobre os projetos de transformação social em que nós atuamos, e criar uma rede de contatos com alunos e profissionais do mundo todo. Acredito que ter essa experiência será uma boa oportunidade para engajar a sociedade civil a participar de mais discussões dos problemas sociais que acontecem no mundo todo, entendendo que a maioria destes afeta pessoas para além das nossas comunidades. 

Hoje, como presidente da 23.ª Semana da Engenharia Elétrica e Diretora de Projetos do Ramo Estudantil IEEE na UNICAMP, vejo a liderança como uma posição de diálogo com a comunidade, em que ambas as partes se confiam e respeitam. Estou muito animada em ter a oportunidade de receber a mentoria da Cargill, porque imagino que me auxiliará no processo de entender como as minhas posições de liderança e área de estudo, engenharia elétrica, podem beneficiar ainda mais minha comunidade e inspirar mais pessoas a assumirem posições de liderança. 

Imagem de capa

Augusto Lima Alves, Flávia Alves e Nicole Kren Moura de Jesus: disputa acirrada entre 800 candidatos
Augusto Lima Alves, Flávia Alves e Nicole Kren Moura de Jesus: disputa acirrada entre 800 candidatos de diversos países do mundo