Unicamp mantém terceira colocação entre melhores universidades latino-americanas

audiodescrição:  ilustração de divulgação da colocação em terceiro lugar da Unicamp no ranking THE

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) novamente está entre as três melhores universidades da América Latina, conforme o ranking Times Higher Education (THE) de 2020. A avaliação foi divulgada nesta terça-feira (7) e traz a Pontifícia Universidade Católica (PUC) do Chile no topo, seguida da Universidade de São Paulo (USP) e da Unicamp, posições que se mantiveram em relação a 2019.

“As universidades públicas do país estão bem colocadas, em particular as do estado de São Paulo, mostrando o papel de destaque da Unicamp e das demais universidades do estado na produção do conhecimento e na formação de pessoas”, avalia Marcelo Knobel, reitor da Unicamp. 

Destaque para o Brasil

O Brasil é o país com maior número de instituições de ensino superior apontadas no ranking. Das 166 universidades avaliadas e destacadas na América Latina, 61 são brasileiras. Entre as dez universidades melhores pontuadas pelo THE, se encontram também a Universidade Estadual Paulista (Unesp), a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e as universidades federais de Minas Gerais e de Santa Catarina. 

A Unicamp se destaca, nos eixos avaliados, pela nota máxima em pesquisa e por uma alta nota no eixo de ensino. 

O ranking

O THE avalia as universidades em cinco aspectos: ensino (ambiente de aprendizagem); pesquisa (volume, renda e reputação); citações (influência da pesquisa); internacionalização (pessoal, estudantes e pesquisa); e renda da indústria (transferência de conhecimento). No ranking América Latina, são avaliadas instituições de treze países: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Equador, Jamaica, México, Peru, Porto Rico, Uruguai e Venezuela.

Imagem de capa

audiodescrição: ilustração de divulgação do ranking
Unicamp foi classificada como terceira melhor universidade da América Latina