Unicamp divulga nota de repúdio a ato racista sofrido por professor da Unesp

A Diretoria Executiva de Direitos Humanos da Unicamp repudia os atos racistas sofridos, na data de ontem, dia 20 de novembro de 2019, pelo Prof. Dr. Juarez Xavier, docente da Unesp e Assessor da Pró-Reitoria de Extensão Universitária e Cultura da Instituição.

Após receber xingamentos de cunho racista e reagir ao ato, foi esfaqueado pelo agressor. O docente passa bem.
O Prof. Dr. Juarez Xavier destaca sua atuação no combate ao racismo, bem como no processo de implementação e consolidação do sistema de cotas Étnico-Raciais na Unesp. Esteve na Unicamp, no último mês de outubro, dia 30, participando de mesa intitulada: "Docência Inclusiva: os direitos humanos como princípio das práticas de ensino e pesquisa ” , durante VII Seminário de Inovações Curriculares, organizado pela Pró-Reitoria de Graduação.

O ato de racismo sofrido pelo docente, exatamente no dia da Consciência Negra, chama atenção para o fato de que a intolerância, a discriminação e o preconceito precisam ser repudiados e combatidos em nossa sociedade.