Mônica Cotta, do IFGW, é eleita presidente da Sociedade Brasileira de Pesquisa em Materiais

Professora Mônica Cotta permanecerá como presidente da SBPMat até 2021
Professora Mônica Cotta permanecerá como presidente da SBPMat até 2021

A professora Mônica Alonso Cotta, do Instituto de Física Gleb Wataghin (IFGW) acaba de ser eleita presidente da Sociedade Brasileira de Pesquisa em Materiais (SBPMat). A professora deve permanecer no cargo por dois anos a partir de 2020.

A SBPMat é uma sociedade civil, sem fins lucrativos, criada em 2001, com sede no Rio de Janeiro. Tem como objetivo, principalmente, contribuir com o progresso da pesquisa em materiais no Brasil.

As eleições para a nova gestão aconteceram no início de outubro e também elegeu membros para os cargos de diretor de Administração, Finanças e Patrimônio, da diretoria científica, além de integrantes do conselho deliberativo.

A professora Mônica Alonso Cotta é professora titular do IFGW e diretora associada na mesma unidade. Também coordena o Laboratório de Nano e Biossistemas. É autora de 120 artigos publicados em periódicos especializados. Suas principais áreas de atuação incluem o estudo avançado de nanomateriais semicondutores, da síntese à fabricação de biossensores e aplicações da microscopia óptica, eletrônica e de varredura por sonda ao estudo de biomateriais e sistemas biológicos.

Mais informações no Currículo Lattes.  

Imagem de capa

Mandato à frente da SBPMat será até 2021
Mandato à frente da SBPMat será até 2021