VIII Simpósio Nacional de História da População

Simpósio História e Educação

Intitulado “Os registros populacionais e as perspectivas de pesquisa para as sociedades do passado”, o  VIII Simpósio Nacional de História da População ocorre nos dias 16 e 17 de outubro. A abertura oficial será às 9h30, no Auditório do Nepo/NEPP. O evento é aberto ao público em geral. A organização é do Grupo de Trabalho População & História – Abep Nepo/Unicamp. Confira a programação completa. Mais informações no link​, e-mail beth@nepo.unicamp.br ou telefone (19) 35215891.

CONHEÇA...

O Núcleo de Estudos de População "Elza Berquó" (Nepo) é uma unidade de pesquisa interdisciplinar e multidisciplinar na área de Demografia e Estudos de População da Universidade Estadual de Campinas (Unicaimp). Criado pela portaria GR-28 de 27 de Maio de 1982, consolidou-se com a Deliberação do Conselho Universitário (CONSU) de 27 de Novembro de 1991. O Nepo está vinculado à Coordenadoria de Centros e Núcleos (COCEN) e à Coordenadoria Geral da Unicamp. Para a constituição do Nepo foram reunidos profissionais de distintas especialidades com formação em Demografia, com ênfase nas Ciências Sociais. Seus órgãos diretores são constituídos por uma Coordenação e uma Coordenação Associada, um Conselho Superior e um Conselho Técnico-Científico. Conta também com uma infra-estrutura de apoio técnico e administrativo, incluindo Biblioteca, Serviço de Apoio em Informática e Secretarias. O Nepo tem como missão desenvolver o conhecimento, capacidade de produção de conhecimento e sua divulgação na área de Estudos de População, sempre de uma perspectiva multidisciplinar.

O Núcleo de Estudos de Políticas Públicas (NEPP), um dos mais antigos núcleos da Unicamp, foi criado através da portaria GR 27/82 do Magnífico Reitor Professor Doutor José Aristodemo Pinotti, publicada no Diário Oficial em  de junho de 1982. Desde antes de sua criação, um grupo de professores da Unicamp, de variada formação, experiência e inserção institucional - sociólogos, economistas, cientistas políticos, educadores - vinha desenvolvendo atividades acadêmicas neste domínio particular das Ciências Humanas que tem como referência o Estado e como objeto específico suas políticas, isto é, as formas de ação por excelência do aparelho estatal, concretamente do governo. Eram eles: Sônia Miriam Draibe, Geraldo Di Giovanni, Maria Hermínia Tavares de Almeida, Vilmar Evangelista Faria, José Guilherme Cantor Magnani, André Maria Pompeu Villalobos, Paulo Renato Costa Souza, Ana Maria Canesqui. A criaçao do NEPP gerou o espaço institucional necessário ao desenvolvimento dos estudos e pesquisas que vinham interessando esse grupo originário. O Núcleo de Políticas Públicas também atua na produção de estudos avaliativos de políticas públicas, programas e projetos; estudos metodológicos comparados entre regiões e regiões; pesquisas aplicadas; publicações; apoio às instituições públicas ou instâncias governamentais como assessorias, organização; organiza eventos relacionados com as suas atividades fins e; promove e organiza cursos voltados às políticas públicas.