Espetáculo teatral "Quarto de Despejo" tem apresentação no CIS-Guanabara

Quarto de despejo
O ator Euclides Franco interpreta Maria Carolina, em Quarto de Despejo

Um pouco da vida e da obra de Maria Carolina de Jesus, escritora e catadora de papel que morava na favela do Canindé, próxima ao rio Tietê, em São Paulo, será apresentada no próximo dia 23 de agosto, às 20h00, no Armazém do CIS-Guanabara. Trata-se do espetáculo teatral Quarto de Despejo, baseado nos diários escritos por Carolina entre 1955 e 1960. Montagem de Franco Produções, o espetáculo é gratuito e aberto ao público em geral.

Quarto de Despejo, que integra a lista de livros indicados para o Vestibular da Unicamp, foi publicado e editado pelo jornalista Audálio Dantas, em 1960. Durante um trabalho de reportagem em São Paulo, Dantas conheceu Carolina, mãe de três filhos, na condição de favelada e catadora de papel. O livro foi traduzido para 13 línguas

Apesar de ter estudado apenas dois anos, Carolina procurava não descuidar da educação dos filhos. Nos diários ela fala sobre a opção por não casar, da fome, de doenças, da violência, enfim de uma realidade triste que persiste nos dias atuais. Carolina faleceu em 1977, aos 62 anos, em São Paulo.

No CIS-Guanabara, a apresentação da peça, com a coordenação da agente cultural Helenice Vitorino, tem o apoio da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PROEC), da Unicamp. O CIS fica à Rua Mário Siqueira, 829, Botafogo, Campinas (estacionamento gratuito no local).