Fotógrafos revelam o cotidiano em mostra no CIS-Guanabara

Fotógrafos documentam livremente temas que estão no cotidiano das grandes cidades
Fotógrafos documentam livremente temas que estão no cotidiano das grandes cidades 

Seis fotógrafos oriundos de um curso ministrado pelos artistas visuais Isabela Senatore e Danilo Garcia percorreram durante dois meses diferentes espaços que integram o cotidiano de uma grande cidade. Aspectos da arquitetura e da economia popular, flagrantes que configuram crítica social, retratos que vão além da expressão do fotografado e gestos que revelam sentimentos são o resultado da exposição fotográfica Imagens e Expressões que será apresentada na Galeria de Artes do CIS-Guanabara no período de 15 de agosto a 1 de setembro. A abertura ocorre dia 14 de agosto, das 17 ás 21h.

Segundo Isabela e Danilo, que assinam a curadoria da mostra, os expositores foram desafiados a finalizar suas fotografias usando diferentes suportes de apresentação e que não fosse apenas o tradicional papel fotográfico colocado na moldura com vidro.  Dessa maneira, o espectador poderá observar os diferentes temas – cada fotógrafo teve autonomia para definir seu caminho – de diversas maneiras. Back-lights, panorâmicas, e cubos montados estão entre as formas de expressão dos expositores Ana Friedlander, Cinthia Picelli, Damaris Mortari, Selena Pelegrini, Renato Monteiro e Malu Coimbra.

O curador da mostra, Danilo Garcia, é doutorando em Artes Visuais na Unicamp. É mestre em Práticas e Processos Criativos (2016), pelo Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais, do Instituto de Artes da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Durante a graduação obteve formações complementares e vivências no campo da museologia, montagens de exposição e práticas curatoriais de arte, atuando, sobretudo, na área de processos criativos como instalações, escultura, fundamentos tridimensionais, desenho e fotografia. Durante o curso de mestrado obteve vivência na área acadêmica atuando como professor convidado na disciplina Fundamentos Tridimensionais. Tem participações em exposições coletivas e individuais, em nível nacional e internacional. Algumas de suas obras encontram-se em coleções privadas e públicas, no Brasil e no exterior.  

A curadora Isabela Senatore formou-se em fotografia em 2001 pelo The Art Institute of Boston at Lesley University. Em 2000 foi selecionada para o programa de estágio na Magnum Photos, cidade de Nova York. Em 2014 publicou sua primeira monografia, intitulada Devoção, que ganhou dois prêmios internacionais. Em 2016 fez três curadorias de exposições fotográficas para programação de arte contemporânea no centro cultural Patrícia Galvão, em Santos. Atualmente, é fotógrafa oficial do Guerreiros sem Armas, na cidade de Santos.

No CIS-Guanabara, a mostra, com a coordenação da agente cultural Maria Cristina Amoroso Lima Leite de Barros, tem o apoio da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PROEC), da Unicamp. O CIS fica à Rua Mário Siqueira, 829, Botafogo, Campinas (estacionamento gratuito no local). A exposição pode ser vista na Galeria, de segunda a sexta-feira, das 9 às 20h e aos sábados e domingos das 9h às 17h

Mais informações pelo e-mail