“Breusil" é a atração do "Conexão cultural"

Cartaz de divulgação do BreusilO projeto Conexão Cultural Unicamp, desenvolvido pela Coordenadoria de Desenvolvimento Cultural (CDC), recebe, no dia 7 de dezembro, para apresentação no Ciclo Básico II, às 12 horas, o Grupo “Breusil”. Ele é formado por professores e alunos (de graduação, licenciatura, pós-graduação e ex-alunos) da Área de Cordas Friccionadas do Instituto de Artes (IA) da Unicamp e interpreta músicas brasileiras escritas para cordas, reconstruindo arranjos e construindo novas interpretações, possibilitadas pelas referências do universo da cultura popular e da música urbana brasileiras. Essa nova roupagem musical traz de volta o tom das rabecas e faz com que os arcos se fundam às baquetas da percussão popular brasileira.

Os componentes do Breusil são os músicos Lucas Fagundes, Marina Gama, Paula Santana, Peterson Rocha, Raoni Peres, Ricardo Yeda e Samuel Pontes (violinos); Emerson de Biaggi e Catarina Schmitt (violas); Ana Clara Alves e Camila Dragonetti (violoncelos); Marcelo Corilow (contrabaixo) e Suê Turíbio (percussão), tendo ainda como convidados, Camila de Oliveira e Fernando Tocha (flautas). A direção musical é do professor Esdras Rodrigues (IA).

No Básico II o grupo tocará as seguintes músicas: “Toré”, de Antonio Madureira - (arr. Adail Fernandes); “Cinco Miniaturas Brasileiras" Edmundo Villani-Cortes - Prelúdio / Toada / Choro / Cantiga de Ninar / Baião; "Aguaceiro", de Raoni Peres; “Água de Vintém”, Chiquinha Gonzaga (arr. Rafael dos Santos); “Cheguei”, de Pixinguinha/Benedito Lacerda (arr. original de Pixinguinha – adaptação para cordas: Rafael dos Santos); "Sem Lei nem Rei", de Capiba; “Quatro Momentos nº 3” Ernani Aguiar - Maracatu / Caboclinhos / Canto / Marcha; “Eu sonhei que tú estavas tão linda” Lamartine Babo e F. Mattoso - (arr. Rafael dos Santos); “Auto dos Congos” Lenine/Pedro Osmar (arr. Adail Fernandes); e “Mourão”, de César Guerra-Peixe.

O Conexão Cultural Unicamp é parte do Programa Campus Tranquilo - Universidade Viva, e seu objetivo é ocupar espaços abertos dos campi da Universidade com atividades artísticas e culturais, visando integrar a comunidade universitária e criar novas possibilidades de vivência.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 19-3521-1732 ou e-mail cultural@unicamp.br
(Hélio Costa Júnior)