Ecologia com visão sistêmica

A organização interna do consumidor.

A civilização humana pode ser vista como um grande consumidor da energia fixada pela fotossíntese. Veja a Figura 3.1

Esse grande consumidor é composto de vários subsistemas. Podemos reconhecer dois tipos de consumidores: os de consumo equilibrado (sustentável) e os de consumo predatório (não sustentáveis). Veja a Figura 3.2.


Uma organização interna por tipo de atividade: agrícola, energia, comércio e indústria, serviços, educação e pesquisa, administração e transporte. Veja a Figura 3.3.

Mostramos na Figura 3.4 um sistema com classes sociais com interesses conflitantes que se manifestam pela falta de eqüidade entre as contribuições e as retribuições de cada classe.

Na Figura 3.5, se ilustra um sistema com grupos ou movimentos sociais com interesses diferenciados, cujos membros podem provir de diversos tipos de atividades e classes sociais e receber modelos culturais de fora da região.

Na Figura 3.6, atividades, classes e movimentos em diversos espaços geográficos, articulando-se conforme os objetivos (valores) de diversos modelos de desenvolvimento.

O desafio desta época é conseguir que grupos, movimentos e representantes de classes sociais de um país e de países diferentes, unidos pela possibilidade da existência de outro tipo de sociedade e visão de um mundo diferente, possam dar início a um processo de discussão e geração de um novo modelo de desenvolvimento baseado em sistemas campo-cidade sustentáveis que ofereçam perspectivas de trabalho de boa qualidade e convívio harmônico com a natureza. Esses estudos deverão gerar alternativas para ampliar a discussão e quando possível contribuir na gestação de novas políticas públicas.

Enrique Ortega. DEA/FEA/Unicamp (fevereiro 9, 2003).

Referências:
Howard T. Odum, 1981. “Energy Basis for Man and Nature”. McGraw Hill Text.
Howard T. Odum, 1971. “Environment, Power, and Society”. John Wiley & Sons.
Howard T. Odum, 1996. “Environmental Accounting: Emergy and environmental decision making”.  John Wiley & Sons, Inc., New York, USA.

Questões:

1. Como articular interesses conflitantes na sociedade capitalista a fim de atingir um sistema sustentável?
2. Como seria o retorno ao campo das populações urbanas? Esse retorno deveria ser forçado?
3. Como incentivar pessoas que estão na cidade a voltarem para a zona rural?
4. Isso seria importante para a sustentabilidade?
5. Quantas pessoas deven fazer esse retorno?