< retorno √† p√°gina de m√ļsica

P√°gina Shostakovich - Opus 87

Versão em Português de
The Shostakovich Opus 87 Page 

com a cole√ß√£o completa dos 
24 Prel√ļdios e Fugas para piano opus 87 
em formato MIDI
seq√ľenciados por
José Oscar de Almeida Marques
jmarques@unicamp.br
 
 Topo da p√°gina     Apresenta√ß√£oPrel√ļdios e fugas opus 87    Arranjos

Apresentação

Seja bem-vindo(a) a esta pequena p√°gina! Ela √© bem simples, sem frames, sem muitas imagens, apenas minhas seq√ľ√™ncias MIDI dos Prel√ļdios e fugas opus 87 de Shostakovich; um lugar em que as pessoas podem ouvir a m√ļsica ou obter os arquivos de maneira f√°cil e r√°pida. Espero que voc√™ aproveite a visita!

Esta página é a versão em português da página que criei em janeiro de 1997 na GeoCities. Tudo o que é essencial está aqui reproduzido, mas talvez você queira também fazer uma visita à página em inglês para acessar alguns links e conhecer um pouco mais sobre as pessoas que estimularam este projeto.

Algumas informa√ß√Ķes t√©cnicas: todas estas pe√ßas foram feitas em um editor gr√°fico, e cada nota introduzida e trabalhada individualmente - n√£o usei scanner nem teclado MIDI. Segui uma partitura publicada em 1972 em Moscou, pela editora "Musyka" (ver foto abaixo); tive de identificar e corrigir alguns pequenos erros de impress√£o, mas em seu todo ela pareceu-me razoavelmente acurada. As seq√ľ√™ncias s√£o arquivos MIDI tipo 1, no padr√£o GM (General MIDI). Empreguei m√ļltiplos canais (m√£os direita e esquerda nos prel√ļdios, e um canal distinto para cada uma das vozes nas fugas), com uma leve separa√ß√£o est√©reo. Foram inclu√≠dos efeitos (reverbera√ß√£o, chorus) e o balanceamento est√° otimizado para a placa de som SB32, equipada com o banco de samples General MIDI de 8 MB da E-Mu. Todas as pe√ßas soam muito bem em meu sistema, e devem produzir excelente resultado em qualquer sistema com bons samples instrumentais. (Em placas de som de s√≠ntese FM, √© claro, a sonoridade deixar√° muito a desejar.)

Por fim, uma observa√ß√£o necess√°ria. Note-se que estas seq√ľ√™ncias MIDI constituem apenas uma ferramenta para o estudo e a audi√ß√£o anal√≠tica. Esforcei-me para introduzir o m√°ximo de artif√≠cios expressivos, mas √© claro que est√£o ausentes as nuances essenciais que caracterizam a interpreta√ß√£o por um ser humano; assim, este material n√£o pode nem pretende servir como um substituto para a audi√ß√£o de interpreta√ß√Ķes reais, ao vivo ou gravadas. E, embora uma partitura rudimentar possa ser impressa a partir destes arquivos, a divis√£o das pautas n√£o ser√° adequada para guiar uma execu√ß√£o pian√≠stica e, principalmente, todas as marcas de express√£o e fraseado presentes na partitura original estar√£o ausentes. Estas seq√ľ√™ncias MIDI visam contribuir para um maior conhecimento e interesse pela m√ļsica de Shostakovich, sem tomar o lugar de nenhum item dispon√≠vel comercialmente, e, nesse sentido, acredito que elas atendem √†s conven√ß√Ķes sobre o uso aceit√°vel de material protegido pelo direito autoral.

 
Topo da p√°gina     Apresenta√ß√£o Prel√ļdios e fugas opus 87    Arranjos


24 Prel√ļdios e fugas opus 87 (1950-51)
Esta cole√ß√£o √© certamente a obra mais importante da produ√ß√£o pian√≠stica de Shostakovich. As pe√ßas foram compostas logo depois de sua visita a Leipzig por ocasi√£o das solenidades do segundo centen√°rio da morte de J. S. Bach, e, como tais, representam sua homenagem ao autor do Cravo bem-temperado. O que originalmente fora pensado como uma simples s√©rie de exerc√≠cios polif√īnicos acabou por tornar-se uma obra em grande escala, plenamente desenvolvida, na qual os g√™neros pian√≠sticos mais d√≠spares s√£o admiravelmente integrados em um painel coerente. A diversidade de estilos e t√©cnicas aproxima-se √†s vezes do pastiche, mas a cole√ß√£o √© not√°vel como ponto de consolida√ß√£o das anteriores vertentes composicionais do autor, e a m√ļsica, por certo, √© Shostakovich em sua melhor forma, com aquela peculiar mistura de verve e pathos da qual deriva sua perene fascina√ß√£o
Título
Arquivo
Tamanho
Prel√ļdio n. 1 em d√≥ maior
op87_01a.mid
17 KB
Fuga n. 1 em dó maior
op87_01b.mid
8 KB
Prel√ļdio n. 2 em l√° menor
op87_02a.mid
6 KB
Fuga n. 2 em l√° menor 
op87_02b.mid
8 KB
Prel√ļdio n. 3 em sol maior
op87_03a.mid
7 KB
Fuga n. 3 em sol maior
op87_03b.mid
12 KB
Prel√ļdio n. 4 em mi menor
op87_04a.mid
6 KB
Fuga n. 4 em mi menor
op87_04b.mid
17 KB
Prel√ļdio n. 5 em r√© maior
op87_05a.mid
8 KB
Fuga n. 5 em ré maior
op87_05b.mid
9 KB
Prel√ļdio n. 6 em si menor
op87_06a.mid
7 KB
Fuga n. 6 em si menor
op87_06b.mid
16 KB
Prel√ļdio n. 7 em l√° maior
op87_07a.mid
5 KB
Fuga n. 7 em l√° maior
op87_07b.mid
11 KB
Prel√ļdio n. 8 em f√° sustenido menor
op87_08a.mid
6 KB
Fuga n. 8 em f√° sustenido menor
op87_08b.mid
12 KB
Prel√ļdio n. 9 em mi maior
op87_09a.mid
9 KB
Fuga n. 9 em mi maior
op87_09b.mid
10 KB
Prel√ļdio n. 10 em d√≥ sustenido menor
op87_10a.mid
7 KB
Fuga n. 10 em dó sustenido menor
op87_10b.mid
15 KB
Prel√ļdio n. 11 em si maior
op87_11a.mid
5 KB
Fuga n. 11 em si maior
op87_11b.mid
14 KB
Prel√ļdio n. 12 em sol sustenido menor
op87_12a.mid
18 KB
Fuga n. 12 em sol sustenido menor
op87_12b.mid
20 KB
Prel√ļdio n. 13 em f√° sustenido maior
op87_13a.mid
21 KB
Fuga n. 13 em f√° sustenido maior
op87_13b.mid
11 KB
Prel√ļdio n. 14 em mi bemol menor
op87_14a.mid
19 KB
Fuga n. 14 em mi bemol menor
op87_14b.mid
11 KB
Prel√ļdio n. 15 em r√© bemol maior
op87_15a.mid
18 KB
Fuga n. 15 em ré bemol maior
op87_15b.mid
16 KB
Prel√ļdio n. 16 em si bemol menor
op87_16a.mid
11 KB
Fuga n. 16 em si bemol menor
op87_16b.mid
25 KB
Prel√ļdio n. 17 em l√° bemol maior
op87_17a.mid
10 KB
Fuga n. 17 em l√° bemol maior
op87_17b.mid
22 KB
Prel√ļdio n. 18 em f√° menor
op87_18a.mid
9 KB
Fuga n. 18 em f√° menor
op87_18b.mid
16 KB
Prel√ļdio n. 19 em mi bemol maior
op87_19a.mid
5 KB
Fuga n. 19 em mi bemol maior
op87_19b.mid
8 KB
Prel√ļdio n. 20 em d√≥ menor
op87_20a.mid
8 KB
Fuga n. 20 em dó menor
op87_20b.mid
13 KB
Prel√ļdio n. 21 em si bemol maior
op87_21a.mid
11 KB
Fuga n. 21 em si bemol maior
op87_21b.mid
16 KB
Prel√ļdio n. 22 em sol menor
op87_22a.mid
14KB
Fuga n. 22 em sol menor
op87_22b.mid
12 KB
Prel√ļdio n. 23 em f√° maior
op87_23a.mid
6 KB
Fuga n. 23 em f√° maior
op87_23b.mid
18 KB
Prel√ļdio n. 24 em r√© menor
op87_24a.mid
11 KB
Fuga n. 24 em ré menor
op87_24b.mid
31 KB
Arquivo compactado com a cole√ß√£o 
completa dos 24 prel√ļdios e fugas:
      op87.zip   239 KB

 

Topo da p√°gina    Apresenta√ß√£o Prel√ļdios e fugas opus 87    Arranjos


Arranjos

Esta se√ß√£o n√£o √© recomend√°vel para os puristas, portanto passe adiante se voc√™ n√£o tolera a id√©ia de ouvir estas pe√ßas em outras formas que n√£o nas vers√Ķes originais "em preto-e-branco" para piano. Os arranjos surgiram como um subproduto da seq√ľ√™ncia das vers√Ķes originais, mas eu gostei demais deles para deix√°-los escondidos em meu disco r√≠gido. De qualquer forma, ou√ßa-os por sua conta e risco, e lembre-se de que Shostakovich n√£o √© minimamente respons√°vel por eles...
 

  • Fugue04.mid (19 KB)

  • A fuga em mi menor √© uma fuga dupla de corte tradicional; o primeiro sujeito √© apresentado na primeira se√ß√£o (lenta), a segunda se√ß√£o (mais r√°pida) ocupa-se do segundo sujeito, e ambos os sujeitos combinam-se na se√ß√£o final. √Č natural atribuir cada sujeito e seu respectivo material tem√°tico a um grupo instrumental distinto, e √© assim que as cordas e os metais ajudam a esclarecer auditivamente a deslumbrante textura contrapont√≠stica daquelas passagens em que os dois sujeitos s√£o combinados um com o outro e consigo pr√≥prios em um cerrado stretto.
     
  • Fugue06.mid (28 KB)

  • Ser√° que sou o √ļnico a escutar na fuga em si menor alguns ecos das elaboradas canzoni polif√īnicas de Andrea e Giovanni Gabrieli? Eu a instrumentei para conjunto de metais, e todas as partes s√£o duplicadas com um eco de alguns d√©cimos de segundo, de modo a reproduzir o ambiente de uma catedral em Veneza.
     
  • Fugue11.mid (13 KB)

  • Esta √© uma transcri√ß√£o da fuga em si maior para trio de madeiras: flauta, corne-ingl√™s e fagote. Acredito que essa pe√ßa vivaz e extrovertida presta-se bem ao idioma do trio de madeiras. Pergunto-me apenas se int√©rpretes humanos poderiam efetivamente tocar esta pe√ßa - com cinco sustenidos na armadura - t√£o r√°pido como se ouve aqui...
     
  • Fugue12.mid (41 KB)

  • A fuga em sol sustenido menor √© uma pe√ßa ritmicamente muito complexa em compasso de 5/4, e desde o in√≠cio fiquei curioso para ouvir como ela soaria tocada por um conjunto de jazz. Acrescentei a ela uma trilha de percuss√£o (que "roubei" de uma seq√ľ√™ncia MIDI do Take Five) e o resultado final mereceu alguns coment√°rios favor√°veis de pessoas no grupo alt.fan.shostakovich da Usenet, e em outros lugares. Apesar de todo seu car√°ter jazz√≠stico, esta "Take Five Fugue" √© uma transcri√ß√£o exata do original para piano, exceto pelo acr√©scimo da percuss√£o e o fato de que o baixo soa uma oitava mais grave que no original.
     
  • Fugue13.mid (12 KB)

  • A √ļnica fuga a cinco vozes da cole√ß√£o surge como a candidata natural a uma transcri√ß√£o para quinteto de sopros. Na forma de um Adagio contido e meditativo, ela exibe algumas entradas luminosas do sujeito, que os diferentes timbres instrumentais revestem de uma luz inteiramente nova. O meio revelou-se t√£o congenial √† m√ļsica que n√£o hesitei em transp√ī-la uma quarta diminuta acima, para si bemol maior, de modo que se ajustasse melhor ao registro dos instrumentos.
     
  • Fugue14.mid ( 13 KB)

  • Escolhi a orquestra de cordas para o arranjo da fuga em mi bemol menor, mas acrescentei um trio de instrumentos de sopros que se encarregam do sujeito e do contra-sujeito em algumas passagens estruturalmente significativas. Nisso fui influenciado pela not√°vel instrumenta√ß√£o de Hermann Scherchen para o Contrapunctus IX da Arte da Fuga de J.S. Bach.
     
  • Prel16.mid ( 15 KB)

  • Quando preparei a seq√ľencia original do prel√ļdio em si bemol menor, fui atra√≠do pela maneira engenhosa pela qual as diferentes camadas da textura musical se comprimiam nas duas pautas do piano. Separei as camadas para obter uma vis√£o mais clara da estrutura, e este arranjo para orquestra surgiu como uma conseq√ľ√™ncia quase natural. Um tema curto e pungente, com uma distor√ß√£o harm√īnica muito caracter√≠stica de Shostakovich, √© seguido de tr√™s varia√ß√Ķes barrocas e uma conclus√£o. Mais do que um simples estudo anal√≠tico, este arranjo revelou-se tamb√©m uma pe√ßa instrumental bastante atraente, em minha opini√£o.
     
  • Prel22.mid (17 KB)

  • Devo admitir que ultrapassei um pouco as medidas no arranjo do prel√ļdio em sol menor. Mas, com todas as liberdades que tomei em rela√ß√£o √† divis√£o e distribui√ß√£o das vozes, e as muitas mudan√ßas de instrumentos, todas as notas s√£o exatamente aquelas escritas por Shostakovich. Tentei refor√ßar o car√°ter hipn√≥tico dos longos ostinati, e n√£o negligenciei o uso de instrumentos "eletr√īnicos" para obter o efeito desejado.
     
  • Fugue22.mid (14 KB)

  • As quatro vozes da fuga em sol menor ajustam-se t√£o perfeitamente ao registro dos instrumentos do quarteto de cordas que n√£o posso deixar de pensar que Shostakovich teve essa forma√ß√£o em mente quando a escreveu. Escolhi aqui outra vez o som quente e cheio da orquestra de cordas como o ve√≠culo ideal para esta m√ļsica. A transcri√ß√£o √©, mais uma vez, exata, com os baixos dobrando os violoncelos uma oitava abaixo em algumas passagens-chave.
     
  • Todos os arranjos acima reunidos em um √ļnico arquivo compactado para r√°pido "download":

  • op87arr.zip (66 KB)

     

    Topo da p√°gina    Apresenta√ß√£o Prel√ļdios e fugas opus 87    Arranjos


    Se voc√™ gosta de fugas, visite Kunst der Fuge. Na p√°gina dedicada a Shostakovich voc√™ encontrar√°, al√©m destes meus trabalhos, muitas outras interessantes transcri√ß√Ķes

    Obrigado pela sua visita!
     

    José Oscar de Almeida Marques
    < retorno √† p√°gina de m√ļsica