Rádio Unicamp apresenta a grade de programação 2019

O Programa Páginas Imortais, na programação, é produzido e apresentado pelo maestro Eduardo Ostergren
O Programa Páginas Imortais, na programação, é produzido e apresentado pelo maestro Eduardo Ostergren

Na próxima segunda-feira, dia 3 de dezembro, a Rádio Unicamp apresenta sua nova grade de programação para 2019. Agora são 18 produções próprias e seis produções externas, resultado de parcerias estabelecidas pela Rádio. Semanalmente, a emissora contabiliza, em média, cerca de 11 horas de gravação. A linha editorial está baseada na divulgação de arte, cultura, ciência e tecnologia, principalmente aquelas produzidas pela Universidade.

Na área da informação, destaque para o boletim de notícias “Repórter Unicamp”, produzido e editado pela jornalista Juliana Franco. Ele vai ao ar, todos os dias, das 8 às 22 horas, em um intervalo de duas horas. Até o próximo dia 5 de dezembro, boletins especiais do Passaporte Unicamp são produzidos diariamente. Intitulado “Diário de São Gabriel”, ele é produzido e gravado pela jornalista Juliana Sangion, da Comvest. São informações sobre o primeiro vestibular indígena aplicado pela Unicamp, direto de São Gabriel da Cachoeira, no Amazonas.

Ainda no contexto da informação, a série Conexão (Saúde, Cultura e Ciência), produzida e apresentada pelo jornalista Jeverson Barbieri, apresenta entrevistas importantes com personalidades internas e externas à Unicamp. As parcerias nessa área são com a Fapesp, na reprodução do programa Pesquisa Brasil e com a Rádio Nações Unidas, na veiculação do boletim em português produzido na sede na ONU, em Nova York, intitulado ONU News.

Na área cultural, destaque para os programas Música Popular em Revista – produzido pelo professor Rafael dos Santos (IA) -, Merienda – produzido e apresentado pela professora Romilda Mochiutti (CEL) -, Orelha de Livro – produção da Editora da Unicamp -, Home of Blues – produzido e apresentado por Rodrigo Granja (ex-aluno do IQ) -, Aquilo que você não ouve – produzido e apresentado pelo professor Eduardo Paiva (IA) -, e Páginas Imortais – produzido e apresentado pelo maestro Eduardo Ostergren (IA).

A interação com alunos da Unicamp também é bastante valorizada nas produções. O programa Política Implícita, criado, produzido e apresentado por alunos do programa de pós-graduação do Instituto de Geociências e os programas Oxigênio, Oxi Doc e Oxi Lab, produzido e apresentado por alunos do Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo (Labjor) mostram a força da pesquisa e da divulgação científica.

Em fase de gravações, os programas Caminhos do Choro e Retrato Cantado também mostram a potencialidade criativa e a qualidade dos músicos formados na Unicamp.  Caminhos do Choro, com diz o nome, vai tratar desse tema musical genuinamente brasileiro. Retrato Cantado traz à tona a música autoral e independente que está sendo criada no ambiente universitário. Eles entram na grade no início de 2019.

As parcerias com a Rádio Senado e o Selo Sesc de Música tem contribuído muito com a parte musical da Rádio. A programação musical valoriza muito a qualidade, principalmente a música independente, aquela que não costuma tocar no circuito comercial. E no cardápio musical, vozes importantes como Regina Machado (professora) e Regina Dias (funcionária).

Programas de curta duração, mas não menos importantes como Drops de Leitura (Editora da Unicamp), Relacionamento e Saúde (Jamiro Wanderley) e Unicamp Direto ao Assunto (Marcelo Knobel) também são veiculados diariamente esclarecendo e trazendo informações para o dia-a-dia.

A Rádio Unicamp pode ser acessada por meio da página da Secretaria de Comunicação (SEC) no endereço www.sec.unicamp.br na opção Webrádio Ao Vivo. Você pode também acessar pelo endereço bit.do/radiounicamp ou pelo aplicativo TuneIn. Ouça, comente, envie opiniões e sugestões para o e-mail radio@unicamp.br