Embrapa e Unicamp criam centro de pesquisa em mudanças climáticas com apoio da Fapesp

Para superar os desafios das mudanças climáticas à produção agrícola, a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) acabam de criar o Centro de Pesquisa em Genômica Aplicada a Mudanças Climáticas (The Genomics for Climate Change Research Center – GCCRC).

O Centro tem como missão desenvolver soluções biotecnológicas com o uso de técnicas de genômica, genética e biologia molecular para a adaptação de culturas agrícolas a altas temperaturas e deficiência hídrica. O GCCRC será construído com a expansão da Unidade Mista de Pesquisa em Genômica Aplicada às Mudanças Climáticas (UMiP GenClima), que conta com atuação de pesquisadores, analistas, professores e técnicos da Embrapa e da Unicamp.

Mais na página da Embrapa

 

Imagem de capa

Reunião realizada na Fapesp
Reunião realizada na Fapesp