Participação dos estudantes no Enade 2017 contribui para debates sobre currículos

hgdsugd
A assessora Mara Patrícia e a pró-reitora Eliana Amaral durante entrevista na PRG

Estudantes dos cursos de exatas, tecnológicas e bacharelados e licenciaturas em artes, humanas e biológicas, que já concluíram entre 75-80% do currículo, deverão realizar este ano o Exame Nacional Desempenho de Estudantes (Enade2017). Na Unicamp 2.400 estudantes foram inscritos e estão recebendo as orientações sobre esta participação, feita em duas etapas: na primeira, online, o estudante conclui seu cadastro e responde ao Questionário do Estudante com informações socioeconômicas e sobre o curso que está concluindo; na segunda etapa realiza a prova escrita, presencial, dia 26 de novembro. Já está aberto o acesso ao questionário para o levantamento do perfil socioeconômico e acadêmico dos participantes, que deve ser preenchido até essa data.

A prova é composta de 40 questões, sendo 10 de conhecimentos gerais e 30 da área específica de formação profissional. O Enade 2017 é parte do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES) do MEC, que inclui a avaliação da instituição, do curso e do aluno, ressalta a pró-reitora de Graduação, Profa. Eliana Amaral. Daí também a importância da participação dos estudantes “fazendo a prova com a melhor das suas possibilidades de desempenho”, destaca. Segundo Amaral, esse desempenho e as informações fornecidas pelos estudantes que prestam Enade sobre seus cursos são utilizadas para subsidiar reflexões sobre o processo de formação na Graduação. “Pode ser um bom orientador das discussões acerca dos nossos currículos”.

Ao realizar o exame nacional, o estudante concluinte do ensino superior contribui também com o curso que irá se formar. “A Unicamp aderiu e participa do Enade desde 2010. Trata-se de uma atividade acadêmica obrigatória dos estudantes, para terem sua situação regular junto ao MEC”, complementa a assessora da Pró-Reitoria de Graduação (PRG) Mara Patrícia Mikahil. A PRG realizou reuniões com os estudantes inscritos para o exame em todas as unidades de ensino e pesquisa, para esclarecer sobre Sinaes e Enade e e motivar os estudantes a participarem.  

De acordo com a assessora, dos nove cursos da Unicamp avaliados no ano de 2016, todos obtiveram as notas máximas previstas, ou seja, 4 e 5. “Costumo dizer para os estudantes que a Unicamp é como um 'sobrenome' que ele leva ao se formar. É importante que a qualidade da sua formação seja mantida e reconhecida, o que demanda uma participação consciente e qualificada dos estudantes. Para isso, contamos que possam oferecer informações valiosas sobre seus cursos que utilizamos para reflexão sobre os mesmos e propor as adequações necessárias. Com uma participação qualificada, estarão contribuindo para que a Unicamp continue a ser essa universidade de excelência em Graduação”, observou.

Confira a lista de cursos da Unicamp no Enade 2017:

Bacharel nas áreas de:

Arquitetura e Urbanismo;

Engenharia Ambiental;

Engenharia Civil;

Engenharia de Alimentos;

Engenharia de Computação;

Engenharia de Controle e Automação;

Engenharia de Produção;

Engenharia Elétrica;

Engenharia Mecânica;

Engenharia Química;

Engenharia;

Sistema de Informação

Tecnólogo nas áreas de:

Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Bacharel ou licenciatura nas áreas de:

Ciência da Computação;

Ciências Biológicas;

Ciências Sociais;

Filosofia;

Física;

Geografia;

História;

Letras - Português;

Matemática;

Química.

Licenciatura nas áreas de:

Artes Visuais;

Educação Física;

Música;

Pedagogia