Reitor explica encaminhamento das discussões sobre cotas

O reitor Marcelo Knobel reuniu-se nesta quarta-feira (24) com integrantes do Conselho Universitário (Consu) para esclarecer que encaminhamento a Reitoria dará às discussões, na reunião ordinária do Consu na próxima terça-feira (30), sobre a proposta de adoção de um sistema de cotas étnico-raciais pela Universidade. A iniciativa teve o propósito de dirimir eventuais dúvidas sobre o procedimento que será adotado.

De acordo com Knobel, a Reitoria apresentará para apreciação dos conselheiros uma Deliberação Consu para tratar da política de ingresso no Vestibular Unicamp, a partir de 2019. O documento sugerirá a criação de um Grupo de Trabalho (GT) que se encarregará de ampliar a discussão sobre a proposta de implementação progressiva das cotas étnico-raciais, complementada por critérios adicionais.

O GT, acrescentou o reitor, elaborará um relatório com uma proposta concreta sobre o tema, que será amplamente debatido nas unidades de ensino e pesquisa e nos órgãos colegiados específicos, antes de seguir para decisão final do Consu. “Teremos cerca de seis meses para aprofundar a reflexão sobre essa questão e buscar o melhor modelo possível”, assinalou o reitor.

Na deliberação que será apresentada ao Conselho na próxima terça-feira também consta que a Unicamp criará a Secretaria de Ações Afirmativas, Diversidade e Equidade, que responderá pela formulação, implementação, gestão e acompanhamento das políticas de ação afirmativa e combate a quaisquer formas de preconceitos no âmbito da Universidade.

 

O reitor Marcelo Knobel, durante reunião com integrantes do Consu
O reitor Marcelo Knobel, durante reunião com integrantes do Consu
Integrantes da Administração Central participaram da reunião
Integrantes da Administração Central participaram da reunião