Pesquisa sobre memória procura voluntários na Unicamp

Com o envelhecimento, os riscos de desenvolver problemas de memória aumenta exponencialmente. Em todo o mundo, aproximadamente 1 a cada 20 pessoas com mais de 65 anos tem doença de Alzheimer, doença neurodegenerativa que leva ao declínio progressivo da memória, de outras funções cognitivas e do comportamento. Ainda não há cura para a doença de Alzheimer.

Para melhor entendimento sobre os riscos e possíveis prevenções da doença de Alzheimer e outras doenças da memória, o médico Lucas Barnes realiza no Cecom da Unicamp uma pesquisa sobre alterações da memória e fatores associados. Para participar da pesquisa o voluntário precisa ter 55 anos ou mais, ser funcionário Unicamp ou Funcamp e não ter queixas em relação a memória no dia a dia. A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa (CEP) da Unicamp.

Mais na página da FCM