Mecanismo de regulação da expressão gênica pelo tecido adiposo

Um estudo apoiado pela Fapesp e publicado  quarta-feira (15) na revista Nature revelou que o tecido adiposo secreta pequenas moléculas de RNA que caem na circulação sanguínea e regulam, em tecidos distantes como o fígado, a expressão de genes importantes para o metabolismo. Experimentos com camundongos mostraram que com o envelhecimento a produção desses microRNAs no tecido adiposo tende a diminuir – fenômeno que, segundo os autores, parece estar associado ao desenvolvimento de doenças comuns em idosos, como diabetes. A descoberta abre caminho para o desenvolvimento de intervenções capazes de reverter o processo.

“De fato, intervenções nessa via podem ser bastante promissoras no tratamento de doenças associadas ao envelhecimento e fazer com que as pessoas vivam por mais tempo e de forma mais saudável”, afirmou Marcelo Mori, professor da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e coautor do artigo.

Leia notícia completa na Agência Fapesp