A marca da interdisciplinaridade

18/01/2016 - 19:06

/
Candidatas saem do segundo dia de provas

Candidatas saem do segundo dia de provas

Capelas de Oliveira, coordenador da Comvest

Capelas de Oliveira, coordenador da Comvest

Jaime Vaz: abstenção maior que em 2015

Jaime Vaz: abstenção maior que em 2015

Pinheiro: interdisciplinaridade como praxe

Pinheiro: interdisciplinaridade como praxe

Fosca Leite: enfermidades e preconceito

Fosca Leite: enfermidades e preconceito

O Vestibular Unicamp 2016 manteve a praxe de trazer, também para a segunda fase, questões de caráter interdisciplinar, medindo diferentes conhecimentos. Foi assim nas provas desta segunda-feira, notadamente em História e Geografia. “A questão quatro, por exemplo, pede uma leitura do quadro ‘Guernica’, de Pablo Picasso, que é uma referência à Guerra Civil Espanhola. A questão seguinte é sobre a construção de Brasília e a formação das cidades satélites, envolvendo história, geografia e urbanismo. E a questão 15 trata da centralidade de São Paulo e de Brasília na malha viária do território brasileiro, discutindo geografia e também mobilidade urbana”, enumera o professor Petrilson Pinheiro, coordenador Acadêmico da Comvest (Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp). Abstenção  Provas

Ainda sobre a preocupação com a interdisciplinaridade nas provas, Pinheiro destaca a última questão (18), sobre a inserção do negro na sociedade nacional e sua mobilidade social, exigindo conhecimentos de história, geografia, sociologia e de mudanças introduzidas na Constituição de 88. Também nesta linha, a professora Fosca Leite, coordenadora adjunta da Comvest, chama atenção para a questão 6, que pede ao candidato uma explicação sobre o preconceito que cerca enfermidades como a sífilis (atribuída aos indígenas) e a Aids (que teria se disseminado a partir da África). “A primeira questão também é interessante, pois fala de fé e conhecimento científico no mundo islâmico na Idade Média, o que leva a reflexões sobre o mundo atual.” 

A prova de Matemática foi comentada pelo professor  Edmundo Capelas de Oliveira, coordenador executivo da Comvest, que a considerou de média para difícil. “A prova tem seis questões e a ideia é que duas sejam fáceis, duas sejam de médias para difíceis e duas um pouco mais difíceis. Eu diria que a prova foi de dificuldade média para alta, trazendo muitos aspectos envolvendo o conceito de função, que é uma tendência, mesclando geometria analítica com função, trigonometria com número complexo, etc. Foi uma prova bastante abrangente com relação ao conteúdo do ensino médio.” 

O professor Jaime Vaz, coordenador de Pesquisa, afirma que a abstenção do primeiro para o segundo dia foi um pouco maior que no ano passado – as provas de História, Matemática e Geografia foram realizadas por 13.508 candidatos; os ausentes foram 2.340. “Ontem [domingo] a abstenção foi de 13,2% e, hoje, de 14,8% – em pontos, aumentou 1,3%, sendo que em 2015 foi de 0,8%. Os maiores responsáveis por isso foram Brasília (30,5%) e São Paulo (15,7%), sendo que a capital paulista, devido ao número de candidatos, influencia bastante no resultado final. Em Campinas e região o comportamento foi o mesmo do ano passado (10,6% de hoje contra 9,7%). Como eu disse no balanço do primeiro dia da segunda fase, tivemos a divulgação do Enem e do Sisu [Sistema de Seleção Unificada], o que leva à desistência de candidatos de lugares mais distantes.” 

Datas importantes
Nesta terça-feira, os candidatos farão as provas de Química, Física e Biologia. Mas o coordenador Edmundo Capelas de Oliveira lembra outras datas importantes em relação ao Vestibular Unicamp 2016. “As respostas esperadas das provas da segunda fase serão divulgadas pela internet a partir de quarta-feira, dia 20; de 25 a 28 acontecem as provas de habilidades específicas (dança, artes visuais, artes cênicas e arquitetura e urbanismo). A primeira chamada sairá no dia 12 de fevereiro, com a matrícula não presencial nos dias 13 e 14, e a presencial no dia 18. Chamo atenção para a confirmação da matrícula, que ocorre em 26 de fevereiro e, mais importante, a declaração de interesse, de 27 até as 17 horas do dia 29.”

 

Adicionar comentário