Os vencedores do Prêmio Paepe

09/12/2014 - 13:18

Grupo do Cecom fica em 1º lugarTrês projetos apresentados por funcionários do Centro de Saúde da Comunidade - Cecom (1ª colocação), da Prefeitura da Unicamp (2ª) e do Instituto de Estudos da Linguagem - IEL (3ª) foram os vencedores do Prêmio Profissionais da Carreira Paepe de 2014. Esta distinção foi criada em 2011 pela Reitoria como reconhecimento pela contribuição à Universidade do seu corpo de Profissionais de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Extensão (Paepe), incentivando e dando visibilidade a iniciativas e projetos para melhoria de processos em todas as unidades e órgãos. A cerimônia de premiação aconteceu no último dia 5 de dezembro, no Ginásio Multidisciplinar. 

Prefeitura: a conteinerização do resíduo sólido O reitor José Tadeu Jorge, que fez questão de se fazer presente durante as quatro horas de cerimônia, disse que dedica especial atenção ao Prêmio Paepe por considerá-lo em sintonia com as concepções modernas de administração. “É uma questão de reconhecimento da Unicamp aos funcionários por contribuições inovadoras para que o trabalho que desempenham seja mais eficiente. É isso que o prêmio faz: reconhecer é valorizar o trabalho. É um projeto importante para estimular a criatividade e, mais que isso, colocar a ideia em prática para ajudar o serviço público a ser melhor.” 
IEL: preservação e acesso a documentos sonoros Esta edição teve 187 projetos inscritos e os 41 melhores de cada órgão e unidade (ou grupos de órgãos e unidades) tiveram seus autores chamados ao palco para receberem o prêmio. De acordo com Tadeu Jorge, todas as ações propostas vêm sendo aplicadas. “São soluções encontradas para equacionar de maneira mais correta o que tem que ser feito no local de trabalho. Uma característica interessante é a possibilidade de que sejam aplicadas em outros lugares: uma unidade de ensino e pesquisa, por exemplo, pode encontrar uma inovação que sirvam a outras, extrapolando inclusive para fora da Universidade.” 
Casa cheia na entrega do Prêmio PaepeAdemilde Félix Gomes, presidente da comissão organizadora do Prêmio Paepe, explicou que foram selecionados os melhores projetos nos âmbitos do Gabinete do Reitor, das Pró-Reitorias e de cada unidade de ensino e pesquisa. Dos 41 trabalhos, o júri já tinha avaliado o conteúdo escrito dos dez melhores e aguardaram a apresentação oral dos mesmos para compor a nota. “Percebemos que alguns projetos já são amplamente conhecidos pela comunidade, mas os outros, embora passem por unidades e órgãos de maneira mais discreta, têm igual importância para melhorar nossos processos de trabalho ou de cuidado com as pessoas.” 

A programação incluiu uma palestra da professora Milena Pavan Serafim, da Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA), que falou sobre a importância da qualificação na administração pública. Além do reitor José Tadeu Jorge, encarregaram-se da entrega dos prêmios os pró-reitores Teresa Atvars (Desenvolvimento Universitário), Gláucia Pastore (Pesquisa), Luís Alberto Magna (Graduação) e João Frederico Meyer (Extensão e Assuntos Comunitários), e também Paulo Cesar Montagner (chefe de Gabinete do Reitor) e Osvaldir Taranto (chefe-adjunto). 

Autoridades se revezaram na entrega do prêmioOs três premiados 
Os autores dos três melhores projetos da Unicamp receberam prêmios em dinheiro: três salários-base referentes ao nível 6E da carreira Paepe para o 1º colocado; dois salários para o 2º colocado; e um salário para o 3º colocado. Abaixo, os três contemplados: 

Primeiro lugar – “Campanha de Câncer de Intestino Grosso”, do Centro de Saúde da Comunidade (Cecom). Autores: Solange Daher, Elisabete Paranhos, Sandra Regina de Oliveira, Rogério Espírito Santo, Lila Cruvinel, Luciane Antunes, Maria Cristina Stolf, Gustavo de Moura, Nilton Domingos Junior, Ana Lúcia de Moraes, Gláucia Ruppert Reis, Solange Aparecida de Oliveira, Maria Aparecida Dietri, Tamara Neri, Gislaine de Oliveira, Flávia Gregatto, Luciano Ferretti, Flávia Estrada, Joice Cavallieri, Mônica Clavico Alves. 

Segundo lugar – “Programa de conteinerização do resíduo sólido urbano não reciclável do campus”, da Prefeitura da Unicamp. Autores: José Benedito de Castro Henrique, Arlindo de Melo, Antonio Djalma Fagundes da Silva, Fernanda Pereira Pascotte, Jorge Bezerra.  

Terceiro lugar – “Preservação e acesso a documentos sonoros através de interface web: do analógico ao digital”, do Instituto de Estudos da Linguagem. Autores: Flávia Carneiro Leão, Bruno Silvério de Freitas. 

Detalhes dos projetos que concorreram ao Prêmio Paepe estão no site da DGRH: http://www.dgrh.unicamp.br/premiopaepe/projetos
A equipe de anfitriões do Prêmio Paepe