Software avalia desempenho de atleta em jogo de futebol

Aspecto inovador está na análise espaço-temporal das decisões tomadas pelo jogador em cada lance

 

Daniele Maia Rodrigues: 83 mil grafos por time em cada tempo de jogo
Daniele Maia Rodrigues: 83 mil grafos por time em cada tempo de jogo

No esporte, tanto a parte física como a mental são essenciais para que o atleta possa vencer uma prova, competição ou um jogo. No universo do futebol, estudos e projetos resultaram em tecnologias para ajudar a comissão técnica a medir, por exemplo, a capacidade de força, peso, energia e movimento de cada futebolista, determinando assim se ele tem condições físicas ou não para um determinado jogo ou mesmo a necessidade de um treino específico para melhorar certos atributos.

A ciência do esporte ganha cada vez mais espaço nos grandes clubes de futebol, auxiliando principalmente com estatísticas dos jogadores. Mas esse não é o caso da tese de doutorado de Daniele Cristina Uchôa Maia Rodrigues, orientada pelo professor Ricardo da Silva Torres, do Instituto de Computação (IC) da Unicamp. Ela desenvolveu um software que consegue avaliar, pelo comportamento e pelos padrões dos atletas durante uma partida de futebol, se aquele jogador está reagindo de forma acertada em determinado lance, seja ele de ataque ou de defesa.

“Pelo posicionamento dos jogadores e pelo padrão de movimentação de cada um, o software realiza a análise da localização do atleta em relação ao evento, gerando grafos e extraindo medidas de redes complexas dessas informações. Em seguida, ocorre a análise desses conjuntos de medidas, determinando padrões dos jogadores em algum lance da partida”, explica a pesquisadora.

Daniele destaca que um segundo de jogo gera 30 grafos para cada equipe. Logo, a cada meio tempo da partida (45 a 50 minutos) são produzidos mais de 83 mil grafos por time. Ou seja, o programa interpreta a movimentação dos jogadores a todo instante, gerando um conjunto de dados e suas relações em cada tipo de evento. Ao analisar todos esses comportamentos, o software gera um resultado sobre as decisões tomadas pelos atletas nos diversos momentos de uma partida de futebol.

“A cada instante de tempo os jogadores estão posicionados em um lugar do campo, gerando um grafo para cada um desses momentos. Estes grafos serão as amostras para a análise das reações dos jogadores em determinado lance, extraindo assim informações importantes para o treinamento dos atletas”, acrescenta.

A autora da pesquisa considerou três padrões de comportamento dos jogadores que podem vir a ocorrer durante um jogo: defesa, ataque e meio de campo. Quando um time está atacando, o software pode, ao interpretar as informações, apontar se determinado jogador estava em total sintonia com o resto do time, possibilitando assim que treinador e auxiliares técnicos promovam atividades para corrigir esse padrão do atleta.

“Utilizamos o machine learning para gerar classificadores automáticos em função das informações coletadas”, explica Daniele Rodrigues. “Então, dependendo da configuração dos jogadores em determinado momento do jogo, o software é capaz de identificar, com 85% de certeza, se o atleta tomou decisões que correspondem com o seu papel na partida em determinado lance. Logo, é possível identificar padrões errados. Por exemplo, em um momento de ataque, o programa identifica quais jogadores que de fato estão agindo como atacantes, auxiliando o técnico a corrigir a postura dos que s se encontram fora do padrão esperado”.

Portanto, a ferramenta contribui para a medição dos jogadores durante uma partida, cabendo ao técnico orientar e promover treinamentos táticos e técnicos, com novas estratégias que possibilitem a adoção de melhores decisões por parte dos atletas. O software também contribui na compreensão da movimentação e dos padrões táticos da equipe adversária. “Por meio desse tipo de ciência do esporte, o programa permite inclusive fazer uma análise histórica – se os dados de posicionamento estiverem disponíveis – do time contra o qual se vai jogar, observando como os adversários agem em momentos de ataque. Nossa ideia não é, de forma nenhuma, substituir o treinador, mas sim fornecer mais insumos a ele”.

Imagem do ritmo visual de grafos (Graph Visual Rhythm) mostra um momento em que os jogadores do time A, estão com valores de medida muito baixos, representados pelo pico escuro, e os jogadores do time B, com valores mais altos
Imagem do ritmo visual de grafos (Graph Visual Rhythm) mostra um momento em que os jogadores do time A, estão com valores de medida muito baixos, representados pelo pico escuro, e os jogadores do time B, com valores mais altos

Ritmo visual

Para a pesquisadora, o trabalho é inovador por realizar uma análise espaço-temporal das partidas. O programa desenvolvido faz a análise dos dados de posicionamento e produz uma imagem, chamada de ‘ritmo visual de grafos’, que auxilia na identificação dos padrões dos jogadores em uma partida de futebol. Sendo assim, a utilização desse estudo para o esporte poderá fornecer uma nova dinâmica às diversas atividades relacionadas a esse esporte.

Daniele Rodrigues admite que a utilização da ferramenta por um clube brasileiro ainda deve demorar, mas não descarta a possibilidade. Segundo ela, a tendência no Brasil é oposta ao que se vê fora no exterior. Ao apresentar o trabalho em Portugal, ela destacou o grande interesse dos europeus por esse tipo de tecnologia.

 

Imagem de capa JU-online

Audiodescrição: Em área externa, uma praça, mulher em pé, em imagem frontal e de busto, sorri, sendo que ela encontra-se em local com várias árvores de grande porte ao redor, bancos de concreto e um quiosque com teto de lona verde ao fundo. Ela veste blusa com gola V e usa um colar com pingente.