Nota de repúdio às ofensas racistas e homofóbicas no Cotuca

Nota de repúdio às ofensas racistas e homofóbicas no Cotuca

A Reitoria da Unicamp condena com veemência a mensagem com ofensas racistas e homofóbicas deixada no escaninho de um professor do Colégio Técnico da Unicamp (Cotuca) nesta quarta-feira (19).

Atos dessa natureza são incompatíveis e absolutamente inaceitáveis no âmbito de uma comunidade que preza pela democracia, a diversidade e a convivência respeitosa entre seus integrantes.

A Reitoria da Unicamp e a Direção do Cotuca tomarão todas as providências para apurar o fato, identificar o autor desse ato deplorável e aplicar as medidas cabíveis.

A Direção do Cotuca determinou a abertura de sindicância interna e um boletim de ocorrência será registrado pelo professor vítima das ofensas.

Ainda na quarta-feira (19), a Direção do Cotuca manifestou integral solidariedade ao professor, reiterando os esforços para uma  convivência que respeite a pluralidade e a diversidade em todos os aspectos.

Em sua manifestação, a Direção do Cotuca também esclarece que, a partir desse lamentável caso, um conjunto de ações de formação será intensificado pela Comissão Cidadã do Colégio, que conta com participação dos alunos, funcionários e professores.

Já nesta quinta-feira (20) foi agendada uma  reunião emergencial com a Comissão Cidadã,  Grêmio e Coletivos  para definição de ações educativas, envolvendo toda a comunidade bem como as estratégias para a Escola Aberta, trazendo claramente a posição institucional contra toda sorte de discriminação e desrespeito aos Direitos Humanos.

Secretaria de Comunicação da Unicamp

Campinas, 20 de setembro de 2018.