Coordenadoria de Centros e Núcleos Interdisciplinares de Pesquisa promove exposição fotográfica que retrata refugiados

Exposição fotográfica “Refugiados da Casa de Passagem Terra Nova”
Foto: Eduardo Tarran

A Coordenadoria de Centros e Núcleos Interdisciplinares de Pesquisa (Cocen) promove a exposição fotográfica “Refugiados da Casa de Passagem Terra Nova”, em parceria com a Cátedra Sérgio Vieira de Mello e com o Serviço de Apoio ao Imigrante e Refugiado, da Secretaria Municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos de Campinas. A mostra, que fica em cartaz de 3 a 17 de maio no Paço Municipal (localizado na Avenida Anchieta, 200 - Campinas), será aberta às 12 horas e apresenta 26 painéis em preto e branco com imagens de refugiados congolenses, angolanos, camaronenses, ganenses, nigerianos e bissau-guineenses.

As capturas são de autoria dos fotógrafos Eduardo Tarran e Mário Castello. Os refugiados retratados na mostra foram amparados pela Casa de Passagem Terra Nova, primeiro centro de acolhimento social do estado de São Paulo para solicitantes de refúgio e vítimas de tráfico de pessoas. O local, aberto desde 2014, já atendeu mais de 400 pessoas e recebe principalmente famílias com filhos menores de idade e mulheres grávidas.

Para a coordenadora da Cocen, Ana Carolina de Moura Delfim Maciel, a exposição é importante porque "atravessamos um momento dramático no que diz respeito aos deslocamentos forçados e às solicitações de refúgio. A exposição Refugiados possibilita uma 'troca de olhares' com essa população em estado de vulnerabilidade, conferindo-lhes uma fisionomia e singularidades, extrapolando dados quantitativos e singularizando, na simbologia de um olhar, sonhos de uma vida melhor." Rosana Baeninger, coordenadora da Cátedra Sérgio Vieira de Mello e pesquisadora do Núcleo de Estudos de População 'Elza Berquó' (Nepo), acredita que a exposição "traz a esperança de vidas refugiadas em nosso país."

Leia mais