Reformas urbanas das cidades brasileiras no século XX é tema de minicurso

Cartaz do minicurso "Reformas urbanas das cidades brasileiras do século XX: o caso de Santos"

No dia 12 de dezembro, às 19 horas, na sala MD02 da Engenharia Básica, a professora Cristina de Campos e o geógrafo e mestrando Robson Simões ministrarão o minicurso "Reformas urbanas das cidades brasileiras do século XX: o caso de Santos", com foco na reforma de Saturnino de Brito na maior cidade do litoral paulista, a partir da cartografia digital.

Este minicurso visa introduzir ao público questões sobre as reformas urbanas realizadas ao longo do século XX para sanear e “embelezar” cidades brasileiras. Toma-se como exemplo o caso da cidade paulista de Santos, objeto de intervenções desde o final do século XIX. Discute-se os planos desenvolvidos para esta cidade, em especial, o realizado pelo engenheiro sanitarista Francisco Saturnino de Brito. Com base em documentos primários, apresenta-se para o debate os limites do plano e qual a sua real extensão.

Através da utilização de cartografia digital que considera aspectos geográficos e históricos da cidade de Santos, foram inseridos pontos referenciais na carta de 1924. Metodologicamente, foi aplicado o georreferenciamento relativo de mapas históricos passando pela vetorização de alguns elementos escolhidos, para, a seguir, trabalhar a cartografia elaborada analiticamente. Os mapas históricos e a geografia que contém nos seus variados de métodos de representação podem permitir novas análises e formulações teóricas sobre o espaço e a infraestrutura na cidade de Santos no início do século XX.

Cristina de Campos é cientista social pela Universidade Estadual Paulista e mestra e doutora em Arquitetura e Urbanismo pela USP, orientada pelo professora Maria Lucia Caira Gitahy. É professora do Departamento de Política Científica e Tecnológica do Instituto de Geociências da Unicamp, sendo atualmente responsável pela disciplina de História Econômica, Política e Social do Brasil do curso de Geografia da Unicamp.

Robson Simões é geógrafo pela Unicamp e mestrando no Programa de Pós-Graduação em Geografia da Unicamp, sob orientação do Prof. Dr. Ricardo Castillo.