Abolicionismo e trabalho forçado em Angola: uma perspectiva atlântica (século XIX)

Cecult

O Centro de Pesquisa em História Social da Cultura (Cecult) do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH) realizará no dia 23 de maio a conferência Abolicionismo e trabalho forçado em Angola: uma perspectiva atlântica (século XIX), com o professor Roquinaldo Ferreira, da Universidade Brown, EUA. A conferência será às 10 horas no Auditório II do IFCH e é aberta a todos os interessados.

Roquinaldo Ferreira doutorou-se na Universidade da Califórnia em 2003, foi docente na Universidade de Virginia entre 2005 e 2012 e faz parte do Departamento de História da Brown University desde 2013. Atualmente, é pesquisador associado do Instituto Universitário de Altos Estudos Internacionais de Genebra, Suiça. Ele é autor de Cross-Cultural Exchange in the Atlantic World: Angola and Brazil during the Era of the Slave Trade (New York: Cambridge University Press, 2012). O livro aborda o intercâmbio entre Angola e Brasil, especialmente as trocas culturais efetivadas em Angola, entre africanos, portugueses e brasileiros durante o período do comércio de escravos. 

Na conferência, o docente enfocará a escravidão e as formas de trabalho forçado em Angola no período posterior ao fim do tráfico de escravos.