Busca no Clipping

A Tribuna

Os professores da Unicamp, instituição parceira da Prefeitura no monitoramento, devem vir a Santos até o final desta semana para a primeira avaliação e início do monitoramento.

Correio Paranaense

Os dados estão no levantamento feito por pesquisadores do Observatório das Migrações em São Éaulo, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), financiada pela Fapesp, que deu origem a um Atlas Temático.

Boa Informação

O alto preço do mercado de crédito no Brasil não é o único fato dos bancos, mas igualmente dos clientes felizes dos lucros lucrativos de suas poupanças investidas no mercado de dívida. “No Brasil, não há pensionistas como ricos que ganham dinheiro através deste sistema, mas igualmente uma seção da pequena burguesia”, diz Luiz Francisco Cazeiro Lopreato, professor de economia na Unicamp, de São Paulo.

Governo de São Paulo

O projeto é um bom exemplo do que as duas Secretarias vêm tentando executar no Estado. Com essa pesquisa, será possível relacionar políticas públicas com conservação ambiental. O professor do Instituto de Biologia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e coordenador do Biota-Fapesp comenta que ele “resultará na produção de dados para apoiar as discussões para a implementação do novo Código Florestal no Estado de São Paulo por meio de um processo de diálogo contínuo entre atores de diferentes setores e da academia”.

24 Brasil

A desconfiança sobre o voto eletrônico no Brasil, que antes era restrita a técnicos da área, vem ganhando dimensão cada vez maior dentro da sociedade. Para entender os aspectos técnicos do problema, foi entrevistado o professor doutor do Instituto de Computação da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Diego Aranha. Segundo ele, o equipamento é vulnerável e o fato de não poder ser feita uma auditoria isenta no equipamento, compromete a transparência do processo eleitoral.

Gazeta de Limeira

Historiador da Unicamp e professor em cursos pré-vestibulares há 20 anos, Marcus Vinicius de Morais reuniu tudo que ouviu dos estudantes no livro “Aos pais, com carinho vestibular e carreira". O objetivo é falar aos pais sobre “o ano mais importante da vida de seus filhos”.

24 Brasil

Rebatendo o professor doutor do Instituto de Computação da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Diego Aranha, o secretário de Tecnologia da Informação do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), José Cassimiro Júnior, afirmou que o órgão não se preocupa com as críticas sobre insegurança, já que tem confiança no sistema, e que há, segundo ele, pessoas cuja profissão é ‘falar mal da urna’.

A Cidade On

Os cursos de arquitetura e urbanismo e engenharia de produção são os que tiveram o menor número de alunos autodeclarados negros, pardos e indígenas matriculados este ano na Unicamp. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (10) pelo Comvest, que organiza o vestibular da instituição.

A Cidade On

O domingo (15) em Campinas terá temperaturas amenas, com a chegada da frente fria na região. As informações são do Cepagri, da Unicamp.

O Liberal Americana

Os números constam no Atlas Temático Observatório das Migrações, desenvolvido pelo Nepo (Núcleo de Estudos da População) da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas). De acordo com uma das pesquisadoras do material, Rosana Baeninger, esse tipo de migração verificada em Sumaré é chamada pela literatura como "migração qualificada”, mas ela prefere o termo “trabalhadores do conhecimento”. “São imigrantes com altos cargos em empresas, como a Honda, gerentes, engenheiros, por exemplo”, explicou.

Correio da Paraíba

A eleição deste ano está sob risco de fraudes. É o que garante o professor doutor do Instituto de Computação da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Diego Aranha. Segundo ele, o equipamento é vulnerável e o fato de não poder ser feita uma auditoria isenta no a transparência do processo.

Correio da Paraíba

A eleição deste ano está sob risco de fraudes. É o que garante o professor doutor do Instituto de Computação da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Diego Aranha. Segundo ele, o equipamento a é vulnerável e o fato de não poder ser feita uma auditoria isenta no equipamento, compromete a transparência do processo eleitoral.

O Liberal Americana

Já na foto de seu contato no WhatsApp. o haitiano Magloire Labady, de 39 anos, resume a tendência do cenário atual dos imigrantes de seu país na região. Uniforme, roupa social, mesa de escritório: trata-se de um dos 582 trabalhadores formais do Haiti que vivem na RPT (Região do Polo Têxtil), conforme levantamento apresentado pelo Atlas Temático Observatório das Migrações, desenvolvido pelo Nepo (Núcleo de Estudos da População) da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas). O estudo revela o fluxo atual dos imigrantes em todo o Estado, e aponta que os tempos atuais são de estrangeiros em trabalhos formais.

Portal Correio

A eleição deste ano está sob risco de fraudes. É o que garante o professor doutor do Instituto de Computação da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Diego Aranha. Segundo ele, o equipamento a é vulnerável e o fato de não poder ser feita uma auditoria isenta no equipamento, compromete a transparência do processo eleitoral.

Plantão News

Dos 5.570 municípios, 3.432 tiveram pelo menos um registro de imigrante internacional - entre bolivianos, haitianos, cubanos e venezuelanos - entre os anos de 2000 e 2015, mostrando que há capilarização da migração no país. Os dados estão no levantamento feito por pesquisadores do Observatório das Migrações em São Paulo, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), financiada pela Fapesp, que deu origem a um Atlas Temático.

A Cidade On

Tendo como cenário a Fazenda Argentina, pertencente à Unicamp, o evento será realizado de 27 de abril a 10 de junho, com a participação de 76 expositores, mostrando as tendências e o que há de mais moderno em artigos para decoração, revestimentos, mobiliário,

IstoÉ

Dos 5.570 municípios, 3.432 tiveram pelo menos um registro de imigrante internacional – entre bolivianos, haitianos, cubanos e venezuelanos – entre os anos de 2000 e 2015, mostrando que há capilarização da migração no país. Os dados estão no levantamento feito por pesquisadores do Observatório das Migrações em São Paulo, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), financiada pela Fapesp, que deu origem a um Atlas Temático.

Folha de S.Paulo

Se Janino tem um inimigo —ainda que cordial—, é o professor Diego Aranha, especialista em segurança de computadores e criptografia do Instituto de Computação da Unicamp. Ao longo dos últimos anos, Aranha foi presença constante nos “hackatons”, maratonas de hackers organizadas antes de cada eleição pelo TSE para testar a segurança da urna

Yahoo!

Dos 5.570 municípios, 3.432 tiveram pelo menos um registro de imigrante internacional - entre bolivianos, haitianos, cubanos e venezuelanos - entre os anos de 2000 e 2015, mostrando que há capilarização da migração no país. Os dados estão no levantamento feito por pesquisadores do Observatório das Migrações em São Paulo, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), financiada pela Fapesp, que deu origem a um Atlas Temático.

Jornal de Vinhedo

A cidade de Vinhedo ganhou nos últimos quinze anos, 930 novos imigrantes internacionais - o equivalente a 1,28% da população atual do município -, segundo o Atlas Temático do Observatório das Migrações em São Paulo, preparado por pesquisadores da Unicamp, lançado neste mês em São Paulo.