Nova base curricular acirra debate

Local de Publicação

Correio Popular

Data de Publicação

Resumo

De acordo com Antônio Carlos Rodrigues de Amorim, de 49 anos, desde 1997 professor da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), a revisão da base curricular é uma necessidade antiga. Mas que o tema não pode ser debatido de maneira atropelada, sob o risco de submeter os estudantes às exigências de uma sociedade que impõe competição e os impede de refletir.