13º Encontro com o Folclore / Cultura Popular

De 25 a 29 de agosto de 2008
Curso de Introdução ao Folclore

Programação: Mostra de filmes etnográficos, exposições, apresentação de grupos e curso.
Inscrições para o curso na Extecamp a partir de 10 de Julho.
O Brasil possui um riquíssimo patrimônio no campo da cultura popular,singular pela sua pluralidade, gerada pelo hibridismo etnográfico, racial, social e religioso desde a sua formação. Esses bens culturais de natureza imaterial, sobrevivem graças a força e a resistência dos grupos sociais que lutam para preservar a sua identidade cultural, através da prática de costumes e cultos de suas crenças e valores. Essa resistência sobreviveu a evolução industrial, resiste ao processo de globalização e ao poder com que atua a indústria cultural nos meios de comunicação de massa, levando a população ao consumo de modismos pueris e de uma uniformidade lastimável. A cultura popular, entretanto, alheia a esses interesses e mecanismos, consegue manter com integridade, seus valores, merecendo das instituições ligadas à cultura, uma atenção muito especial e necessária. O Projeto Folclore desenvolvido na UNICAMP desde 1992, muito atento a esses fatores, fundamentou-se na pesquisa, registro e promoção da cultura popular, abordando-a em toda sua extensão e complexidade nos campos das idéias, das crenças, costumes, artes, linguagem, moral, direito, reconhecendo e promovendo as formas legítimas de sentir, pensar e agir do nosso povo, colaborando na preservação do nosso patrimônio e na auto valorização dos grupos sociais que a praticam. A realização do Projeto Folclore requer um trabalho minucioso e sistemático durante o ano que compreende:
- Pesquisa de campo (cumprindo os ciclos: junino, natalino, carnavalesco e das festas dos santos do devocionário popular),
- Registro audiovisual, iconográfico e fotográfico. - Participação em congressos e seminários, nacionais e internacionais.
- Contatos regulares com pesquisadores, comunidades, irmandades e grupos sociais de diversas regiões do país.
Ao longo desses anos o Projeto Folclore vem cumprindo com êxito suas funções, formando parcerias com órgãos e com instituições ligados à salvaguarda do folclore, fomentando diálogos entre a universidade e a comunidade, que juntas vivenciam com os grupos populares suas formas de festejar a vida e celebrar o sagrado. O Projeto Folclore na sua amplitude atinge o público de todas as idades, escolaridade, gêneros e religiões dos diversos segmentos sociais, sendo oferecido gratuitamente à comunidade em módulos de formatos variados.


Programação Oficial

Dia 25 de agosto 2008
OBS: O curso será exclusivamente para os alunos inscritos.

18h
Abertura Oficial
Prof. Dra. Regina Muller
Instituto de Artes – Unicamp
Prof. Dr. Mohamed Habib
Pró Reitor de Extensão e Assuntos Comunitários
José Avelino Bezerra
Coordenador do Projeto Folclore
Diretor do Espaço Cultural Casa do Lago


Ritual de Levantamento do Mastro Votivo
O mastro votivo é elemento simbólico de grande importância nas comemorações coletivas e caracteriza o centro energético da festa. É o sentido concreto da verticalidade, unindo Terra e Céu, vivos e mortos, corpo e alma. A dança em torno do mastro recria as reuniões primevas do homem em torno do fogo sagrado em idêntica busca de luz. Aquele que toca e beija o mastro terá muita sorte receberá muitas graças. Serão levantados mastros em homenagem ao Glorioso São Benedito, Nossa Sra. do Rosário, Divino Espírito Santo, Nossa Senhora Aparecida, São Jorge, São Gonçalo e Padre Cícero.

Dia 26 de agosto 2008


18h
Professor Ivan Vilela
Palestra “Cantando a Própria História”
Ivan Vilela é graduado e mestre em Composição Musical pela Unicamp. Atuando como arranjador e instrumentista, Ivan Vilela tem deixado a marca de sua viola em discos de artistas importantes da MPB como Ivan Lins e Paulo Padilha. Atualmente é professor universitário sendo responsável pela cadeira de Viola Caipira, na faculdade de Música da Universidade de São Paulo, em Ribeirão Preto.


20h
Orquestra Filarmônica de Viola Caipira de Campinas.
A Orquestra Filarmônica de Viola Caipira de Campinas concretiza o sonho de todas as pessoas que saíram do interior e vieram para os grandes centros: viver numa cidade grande sem perder suas raízes, sem esquecer seus sonhos. Sob a regência do músico Ivan Vilela, este sonho tomou forma, agregou pessoas das mais diferentes classes sociais e culturais e concretizou-se em um trabalho de pesquisa musical rico e único. Em atividade desde agosto de 2001, a Orquestra de Viola Caipira conta em média com 20 violeiros afinados com a essência da música caipira autêntica.  No início de 2005 foi lançado o primeiro CD pelo selo Zabumba. O trabalho, que leva o nome da Orquestra, traz 14 faixas com os maiores clássicos da autêntica música sertaneja. Os arranjos, todos elaborados tendo como base apenas a viola caipira, são o principal diferencial deste trabalho, tornando-o único em todo o País.

Dia 27 de Agosto de 2008

18h
Professora Elisete Leite Garcia
Vivência:
Resgatando as Bonequeiras de Crato – Ceará 

O projeto de pesquisa Tatadrama surgiu em 2002, tendo sido aplicado a mais de 1900 pessoas em comunidades diversificadas como: Hospital psiquiátrico; gestantes; profissionais da área da saúde; secretárias; psicólogos; universitários e idosos entre outros. Esta estratégia teve como fundamentação o ato de brincar e por base o pensamento de Platão (428 - 347 AC) - "Você pode descobrir mais sobre uma pessoa em uma hora de brincadeira do que em um ano de conversa". Esta aula vivencial de 3hs visa proporcionar aos profissionais um espaço para vivência e reflexão de busca de alternativas de ação transformadora entre o personagem e o ser. O Tatadrama será apresentado em breve histórico seguido de vivência de um conjunto de dinâmicas sensoriais e corporais autoperceptivas associada a técnicas do psicodrama e sociodrama com fundamentação na espontaneidade do ato de brincar tendo como objeto intermediário o Boneco de Pano de Crato – CE,  passando por três etapas (aquecimento, dramatização com bonecos e compartilha do processo), envolvendo: criatividade, imaginação, espontaneidade, integração, identidade e desempenho de papéis.

Dia 28 de Agosto de 2008


18h

Prof. Dr.José Roberto Zan
Aula: “A idéia de cultura popular na sociedade contemporânea”
O Professor José Roberto Zan ingressou na Unicamp em 1992, destaca-se, entre outras atuações, pelo desenvolvimento de pesquisas em sociologia da cultura. Graduado em história pela Fundação Valeparaibana de Ensino de São José dos Campos-SP, mestrado em sociologia pela USP, e o doutorado em ciências sociais, pelo Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Unicamp.

19:30
Profa. Dra. Olga Von Sinsom

Diretora do Centro de Memória da UNICAMP

Núcleo de Samba Cupinzeiro
Aula: “O samba Paulista e suas Historias”

Dia 29 de Agosto de 2008

18h
Encerramento
Derruba dos Mastros Votivos

O mastro votivo é elemento simbólico de grande importância nas comemorações coletivas e caracteriza o centro energético da festa. É o sentido concreto da verticalidade, unindo Terra e Céu, vivos e mortos, corpo e alma. A dança em torno do mastro recria as reuniões primevas do homem em torno do fogo sagrado em idêntica busca de luz. Aquele que toca e beija o mastro terá muita sorte receberá muitas graças. Serão baixados os mastros em homenagem ao Glorioso São Benedito, Nossa Sra. do Rosário, Divino Espírito Santo, Nossa Senhora Aparecida, São Jorge, São Gonçalo e Padre Cícero.