Engenharia Ecológica e Desenvolvimento Sustentável
Clique aqui para começar


Tabela de índice

Conceitos básicos.
Conteúdo (I)
Conteúdo (II)
Definição (Mitsch, 1994):
Alternativas
Antecedentes
Um passo a frente
Objetivos da EE (I)
Objetivos (II)
2. Desenvolvimento Sustentável
Valores Diferentes
Uma mudança de paradigmas
3. Ferramentas da EE
Inputs
Todos os inputs são convertidos
Emergia (I)
Emergia (II)
Metodologia Emergética (I)
Metodologia Emergética (II)
Planejamento em microbacias (I)
Planejamento em microbacias (II)
O conceito de sistema (I)
O conceito de sistema (II)
Linguagem simbólica
A terra como um sistema
A Biosfera possui duas fontes básicas de energia:
Os estoques internos são:
As fontes externa de energia são:
7. Energia externa e interna = Trabalho ciclo bio-geo-químico + Calor
Ciclo bio- geo- químico
O equilíbrio cibernético de terra está sob grande tensão, talvez comprometido.
Equilíbrio cibernético (II)
Cálculos de Emergia
Consideram-se todos os inputs
Os fluxos de emergia podem ser somados, divididos, etc.
Energia x Transformidade = Emergia
Transformidade do produto do sistema:
História do consumo humano (I)
História (II)
História (III)
História (IV)
História (V)
História (VI)
Perspectivas e esforços científicos para o DS.
Novas metas científicas
Slide do PowerPoint
Slide do PowerPoint
Slide do PowerPoint
Maximizar o Fluxo de Energia (I)
Maximizar o Fluxo de Energia (II)
Estratégia para o Desenvolvimento Sustentável: a Revolução Solar
Estratégia (II)
Estratégia (III)
Estratégia (IV)
Homeostasis de Terra (I)
Homeostasis de Terra (II)
Recomendações (I)
Recomendações (II)
Autor: Enrique Ortega (16/09/98)
E-mail: ortega@fea.unicamp.br
HP: http://www.unicamp.br/fea/ortega/homepage.htm
Laboratorio de Engenharia Ecológica e Informática Aplicada
FEA - Unicamp, Caixa Postal 6121
CEP 13083-970 Campinas - SP - Brasil
Telefone: +55 (019) 788 40 58
Fax: +55 (019) 788 40 27
Fax: +55 (019) 289 15 13